REVISTA INOVAÇÃO Nº 34 – PRÊMIO FAPEMA promove o reconhecimento da pesquisa do Maranhão

REVISTA INOVAÇÃO Nº 34 – PRÊMIO FAPEMA promove o reconhecimento da pesquisa do Maranhão
agosto 07 09:27 2018

Consagrado como a premiação científica mais importante das regiões Norte e Nordeste, o Prêmio FAPEMA homenageou o político e jornalista, Neiva Moreira. Novidades foram apresentadas com o lançamento de duas  categorias: Periódico Científico e POPVIDEO Ciências. Em sua 13ª edição, o Edital n°032/2017 PRÊMIO FAPEMA NEIVA MOREIRA com recursos de 207 mil reais, recebeu 265 propostas e classificou 65 finalistas. O Prêmio agraciou 52 pesquisadores vencedores entre as categorias Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Dissertação de Mestrado, Tese de Doutorado, Pesquisador Sênior, Periódico Científico, Jornalismo Científico, Inovação Tecnológica, Desenvolvimento Humano, POPVIDEO Ciências e Prêmio Homenagem Especial Fapema com valores que variam de R$ 1.250,00 a R$ 10 mil. A homenagem a Neiva Moreira acontece no momento em que o Maranhão tem se destacado no cenário nacional com investimentos crescentes na área da ciência, tecnologia e inovação. A FAPEMA aponta dois indicadores de crescimento na área: conceitos dos programas de pós-graduação na avaliação da CAPES subiram no Brasil em torno de 20%, no Maranhão, alcançaram a cifra de 30%; a média nacional de artigos científicos publicados, entre 2015 e 2016, teve aumento de 5%, mas o Maranhão teve um crescimento de 20%.  Consagrado como a premiação científica mais importante das regiões Norte e Nordeste, o Prêmio FAPEMA homenageou o político e jornalista, Neiva Moreira. Novidades foram apresentadas com o lançamento de duas  categorias: Periódico Científico e POPVIDEO Ciências. Em sua 13ª edição, o Edital n°032/2017 PRÊMIO FAPEMA NEIVA MOREIRA com recursos de 207 mil reais, recebeu 265 propostas e classificou 65 finalistas. O Prêmio agraciou 52 pesquisadores vencedores entre as categorias Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Dissertação de Mestrado, Tese de Doutorado, Pesquisador Sênior, Periódico Científico, Jornalismo Científico, Inovação Tecnológica, Desenvolvimento Humano, POPVIDEO Ciências e Prêmio Homenagem Especial Fapema com valores que variam de R$ 1.250,00 a R$ 10 mil. A homenagem a Neiva Moreira acontece no momento em que o Maranhão tem se destacado no cenário nacional com investimentos crescentes na área da ciência, tecnologia e inovação. A FAPEMA aponta dois indicadores de crescimento na área: conceitos dos programas de pós-graduação na avaliação da CAPES subiram no Brasil em torno de 20%, no Maranhão, alcançaram a cifra de 30%; a média nacional de artigos científicos publicados, entre 2015 e 2016, teve aumento de 5%, mas o Maranhão teve um crescimento de 20%.  A cerimônia aconteceu no dia 5 de dezembro, na sede da Federação das Indústrias do Maranhão (FIEMA), uma iniciativa do Governo do Estado do Maranhão por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) com o propósito de reconhecer o talento dos pesquisadores, estimular a divulgação científica e tecnológica do Maranhão. Além do prêmio em dinheiro os vencedores receberam o troféu oficial do concurso e certificado. Pesquisadores que foram indicados como finalistas e não premiados receberam certificado de Menção Honrosa. A Fapema conferiu ainda a Honra ao Mérito Científico-Tecnológico pela contribuição na luta em prol do acesso à informação e na construção e defesa da democracia às seguintes personalidades: o jornalista, professor e secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco da Conceição Gonçalves; (in memorian), o médico, político, e ex-governador, Jackson Kléper Lago; a jornalista e cofundadora da Agência Matraca de Notícias da Infância, Lisandra Nazaré Roma Assunção Leite; o líder sindical, Manoel Conceição Santos; e o jornalista diretor-presidente do grupo O Imparcial, Pedro Batista Freire.   Na página 08 temos um artigo sobre a importância da premiação. O homenageado especial do Prêmio FAPEMA, jornalista e professor, Ed Wilson Ferreira Araújo é o nosso entrevistado (página 12). A partir da página 20, estão as reportagens sobre as pesquisas premiadas. A identidade visual do Prêmio foi inspirada na obra e na frase “Nosso Norte é o Sul” do artista uruguaio JoaquínTorres Garcia, com utilização de ícones da cultura popular dos três países que acolheram Neiva Moreira: Brasil, Uruguai e México. O troféu da premiação teve como conceito a pena que registra os grandes feitos da ciência.

  Categorias: