Pesquisador maranhense é colaborador brasileiro em artigo internacional

Pesquisador maranhense é colaborador brasileiro em artigo internacional
maio 15 11:46 2018

Fonte: CNPq

Pesquisa que aponta uma forma de maximizar as propriedades mecânicas e termomecânicas da borracha nitrílica, desenvolvida com contribuição brasileira, foi destaque no conceituado periódico internacional Journal of Applied Polymer Science (vol. 135, issue 14). A edição do mês de Abril da publicação teve como artigo de capa o Reinforcement of the mechanical properties in nitrile rubber by adding graphene oxide/silicon dioxide hybrid nanoparticles (doi: 10.1002/app.46091),  que contou com a colaboração do pesquisador brasileiro Alisson Mendes Rodrigues (CERTeV – Centro de Pesquisa, Tecnologia e Educação em Materiais Vítreos, Universidade Federal de São Carlos) juntamente com pesquisadores da University of Rostock (Alemanha) e Southwest Petroleum University (China). Essa pesquisa foi desenvolvida durante o pós-doutorado de Alisson (2016-2017) na Universidade de Rostock (Alemanha) com bolsa concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no âmbito do Programa Ciência sem Fronteiras.

A borracha nitrílica, assim como os materiais compósitos na qual esta participa como componente, possuem propriedades que lhe conferem aplicabilidade na indústria petroquímica, sobretudo em situações onde são requeridos requisitos como excelente barreira entre gases, boa adesibilidade, resistência química à óleos, entre outras aplicações. No entanto, os baixos valores de propriedades mecânicas e termomecânicas apresentados, ainda representam uma incômoda desvantagem destes materiais.

O estudo descrito no artigo demonstrou a maximização das propriedades mecânicas e termomecânicas da borracha nitrílica. Para isso, nanopartículas híbridas baseadas em óxido de grafeno (GO) e dióxido de sílicio (SiO2) foram sintetizadas e adicionadas homogeneamente na matriz da borracha nitrílica por meio do método solution blending. Os pesquisadores demonstraram que adição destas nanopartículas híbridas (GO/SiO2) foram efetivas na melhora das propriedades, quando comparados com compósitos na qual foram adicionados separadamente partículas de GO e SiO2. Tal melhora, foi creditada principalmente à boa absorção das nanopartículas híbridas pela matriz de borracha nitrilica, na qual foram formadas fortes pontos de reticulação. Além disso, houve uma forte interação interfacial entre as nanopartículas híbridas e matriz da boracha nitrilica.

Alisson, um dos coautores do trabalho, é maranhense e possui graduação em Licenciatura Química pela Universidade Estadual do Maranhão, mestrado em Engenharia de Materiais pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Atualmente, é pesquisador na UFSCar com bolsa PNPD (CAPES) com vínculo na Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais (PPGCEM) e desenvolve sua pesquisa no Laboratório de Materiais Vítreos (LaMaV).

O pesquisador destaca a importância do estágio pós-doutoral no exterior financiado pelo CNPq em sua carreira profissional, na qual trouxe novas experiências científicas e culturais. “Foi, definitivamente, o fator decisivo para continuar desenvolvendo pesquisas nos campos científicos e tecnológicos. Espero, agora, atuar como Professor-Pesquisador em uma Universidade Pública no Brasil”, comenta.

Coordenação de Comunicação Social do CNPq

  Categorias: