20 Setembro 2017

Twitter 

You need to upgrade your Flash Player
Editais Abertos Patronage
Editais Encerrados Resultados Editais
Sistema de Eventos Licitações

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Tabela de Pagamentos Ouvidoria
Quadro de Diárias Manual de Prestação de Contas
 Autenticar Documentos Valores de Bolsas

Governador Flávio Dino ressalta força empreendedora de Imperatriz e lança Edital Startups durante 17ª Fecoimp

  • PDF


fecoUm dos mais conceituados eventos em oportunidades de negócios do Brasil, a Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz (Fecoimp) chegou a sua 17ª edição na quarta-feira (14), no Centro de Convenções da cidade. O governador Flávio Dino, mais uma vez, participou da abertura da iniciativa e enfatizou a força da cidade de Imperatriz para vencer a crise a partir das suas potencialidades empreendedoras. Na ocasião, o Governo do Estado lançou o Edital Startups, que investirá R$ 850 mil para o fomento de projetos voltados para a criação de soluções de base tecnológica. O edital está disponível no site da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) – www.fapema.br – e fica com inscrições abertas até o dia 30 de outubro.

Com o tema 'Todos os negócios acontecem aqui', a 17ª Fecoimp, que conta com o apoio do Governo do Estado, ressalta a relevância comercial de Imperatriz para a Região Tocantina. Para este ano, a expectativa é de que a oferta de palestras e treinamentos gere presença de público 20% maior do que a edição passada: são esperadas 36 mil pessoas nos quatro dias de evento, que segue até o dia 16 de setembro. Para o governador Flávio Dino, a força demonstrada pela cidade de Imperatriz é capaz de vencer qualquer crise, pois o espírito que preside mais uma edição da Fecoimp é de união, congraçamento e harmonia. Segundo ele, a parceria público-privada é fundamental pois "todos os empreendedores, de Norte a Sul do país, sabem o peso que o poder público tem na formação do Produto Interno Bruto no Brasil e na geração de atividade econômica, seja pela sua dimensão indutora, seja pela capacidade de geração de renda para movimentação do amplo setor de comércio e serviços".


A 17ª edição da Fecoimp visa reunir a classe empresarial em oportunidades de negócios, troca de experiências e interação sobre as novidades tecnológicas e demais inovações do setor. Na programação, mais de 70 palestras, minicursos, workshops, oficinas e seminários; 16 estandes de alimentação variada; e 11 atrações culturais. Uma das novidades é o Salão do Empreendedor, que tem parceria do Sebrae-MA e vai oportunizar mais de 30 palestras sobre estratégias para a comercialização de produtos e serviços de microempreendedores.

O secretário de Estado de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, enfatizou que mais uma vez o Governo do Estado apoia esse virtuoso evento na Região Sul do Maranhão, que traz resultados impressionantes. "Então em hipótese alguma nós poderíamos deixar de, em tendo aumentado a feira, aumentar também a participação aqui enquanto Governo. Essa é a aposta que nós fazemos nos empreendedores do Maranhão. Nós temos buscado criar esse ambiente de proximidade, prospecção e, acima de tudo, de evolução da nossa economia", pontuou.

Apoio às startups

O edital Startutps, lançado pelo governador, tem com o objetivo apoiar projetos voltados para a criação de soluções de base tecnológica que busquem contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do estado do Maranhão, por meio da aplicação da inovação, através da Linha de Ação "Mais Inovação" e no âmbito do Programa "Inova Maranhão". A chamada pública, segundo explicou o diretor presidente da Fapema, Alex Oliveira, está em sua segunda edição. A iniciativa visa a integração maior da universidade com as demandas aplicadas da sociedade, desenvolvendo soluções tecnológicas em áreas diversas como adensamento de cadeias produtivas, tecnologias assistivas, eficiência na prestação de serviços públicos e bem-estar do cidadão, internet das coisas e plataformas gamificadas. "O primeiro já foi um sucesso. Temos três startups de Imperatriz no primeiro edital, agora nós pensamos que vamos ter novas", disse o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Alex Oliveira.

Turismo em alta


Durante a visita à 17ª Fecoimp, o governador Flávio Dino visitou o Espaço Turismo, que tem como parceira a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur). Com área ampliada para esta edição, o espaço conta com dez estantes com informações turísticas, barracas de artesanato, além de palco para apresentações culturais em todos os dias do evento. Para o secretário da Sectur, Diego Galdino, o turismo está crescente no estado, com os melhores resultados dos último cinco anos, e não poderia ficar de fora de um dos maiores eventos do Maranhão. "A gente acredita que promovendo e divulgando, principalmente a Chapada das Mesas, que é um polo que está em ascensão, o turismo crescerá junto com a Fecoimp", realçou.

Juros Zero


O governador Flávio Dino visitou os estandes da Fecoimp, conversou com empresários e expositores e aproveitou para conceder o benefício do Juros Zero – programa do Governo do Estado em parceria com o Banco do Brasil que estimula os pequenos empreendedores, movimenta a economia local e cria vagas de trabalho – ao empresário Alfarquiçado Santos. Com um cheque de R$ 20 mil recebido das mãos do governador, ele disse que vai "ajudar a implementar as ações da empresa".

O presidente da Associação Comercial de Imperatriz, Hélio Rodrigues, agradeceu o apoio do Governo do Estado e disse que "as parcerias tem que ser agradecidas sempre. Um evento desses não se faz sem parceria". Resultado da ação conjunta público-privada, a Fecoimp é promovida pela Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) em parceria com Governo do Estado; Grupo Mateus; Fecomércio; Ferrovia Norte Sul (VLI); Suzano Papel e Celulose; Prefeitura Municipal de Imperatriz; Devry Facimp; Fiema; Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF); bancos da Amazônia (BASA), Banco do Brasil e Banco do Nordeste; e Governo Federal. Tem ainda apoio do Sebrae, do Conselho de Jovens Empresários de Imperatriz (Conjove), Sesc; e 50º Batalhão de Infantaria de Selva (50º BIS).