Casa de Apoio Ninar completa dois de funcionamento com mais de 200 mil atendimentos

Casa de Apoio Ninar completa dois de funcionamento com mais de 200 mil atendimentos

Casa de Apoio Ninar completa dois de funcionamento com mais de 200 mil atendimentos
julho 07 15:07 2019
Em dois anos de funcionamento, a Casa de Apoio Ninar registrou mais de 200 mil atendimentos. O equipamento, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), comemorou a assistência especializada, no dia 04 de julho, com os profissionais, as crianças com problemas de neurodesenvolvimento e as famílias assistidas na Casa. A data foi lembrada com comemoração.”A Casa de Apoio Ninar celebra a vida. São dois anos de cuidados não apenas às crianças, mas também às famílias. O projeto foi pensado para atender todos os envolvidos, mostrando que apesar das circunstâncias, a vida merece e precisa ser valorizada”, destacou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula.

Para a coordenadora da Casa de Apoio Ninar, Patrícia Sousa, o projeto existe para assistir toda e qualquer criança com problema de neurodesenvolvimento. “É uma realização muito grande. O principal objetivo foi fazer o resgate da maternagem das mães que têm filhos com síndrome congênita do Zika Vírus. Hoje nós fomos além, agora também atendemos crianças com todos os distúrbios do neurodesenvolvimento e psicomotor. A Casa é sinônimo de receptividade, e todos participam dos circuitos montados de assistência. É gratificante ver tudo isso sendo realizado”, afirmou.

Ao todo, a Casa de Apoio Ninar registrou 211.220 atendimentos desde o início das atividades. Além disso, 63.113 consultas multiprofissionais, 14.047 terapias individuais, 7.921 procedimentos em enfermagem, 3.226 serviços de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT), entre outros. Atualmente, a Casa de Apoio Ninar possui 667 famílias cadastradas recebendo assistência.

Naiana Aragão, mãe da Aysha Sofia, de três anos, destaca a assistência que a filha recebe após o diagnóstico da síndrome congênita do Zika Vírus. “Antes da Aysha iniciar o acompanhamento, ela não tinha sustentação no corpo, mas agora já engole e senta normalmente”, compartilhou.

Para Raiane Oliveira, mãe do Arthur, de três anos, diagnosticado com microcefalia, a experiência da assistência na Casa tem resultados significativos. “Eu já noto meu filho interagindo com a gente, fazendo gestos como quem quer falar. Ele melhorou a coordenação motora e agora já sustenta o pescoço. Aqui todos são muito educados e os profissionais são muito capacitados para o atendimento que fazem”, disse.

Casa de Apoio Ninar 

No dia 4 de abril de 2017, o governador Flávio Dino entregou a Casa de Apoio Ninar. Na ocasião, a antiga Casa de Veraneio do Governo do Estado, local de festas, foi transformada em um serviço especializado no acolhimento das crianças com problemas de neurodesenvolvimento e suas famílias.

Fonte: SES
Texto: Marcos Atahualpa
Foto: Julyane Galvão
  Categorias: