FAPEMA media discussões sobre acordo de cooperação entre Maranhão e México

FAPEMA media discussões sobre acordo de cooperação entre Maranhão e México
novembro 23 17:10 2011

A diretora-presidente da FAPEMA, Rosane Meireles Nassar Guerra, reuniu-se na manhã desta quarta-feira (23) com o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal – UFMA/Chapadinha, Lívio Costa, o professor de Agroecologia – UEMA, Emanoel Gomes, e o professor Felipe Torres Acosta, representante da Universidade de Yucatán, no México, para discutir sobre a possibilidade de um acordo entre a Universidade de Yucatán e as universidades maranhenses.Fapema-Mexico

O encontro teve como objetivo estabelecer uma parceria que visa estreitar os laços entre os conhecimentos agropecuários de alunos de pós-graduação do México e do Brasil. O professor Emanoel Gomes, comentando sobre a importância da parceria, enfatizou, “é bastante interessante essa somatória de conhecimento, pois acarretará no desenvolvimento da inovação em ambos os países. É possível que aquilo que ainda não foi pesquisado no México, possa já ter sido pesquisado no Brasil e vice-versa e essa troca de conhecimento é importante”.

A FAPEMA mostrou-se bastante interessada no acordo e foi repassado na reunião o modelo do termo de cooperação ao professor Felipe Acosta (México), que será o mediador dessa parceria em Yucatán. “Esperamos o sucesso no convênio de colaboração, pois há muito interesse dos mexicanos em trabalhar com o Brasil”, declarou o professor Felipe Acosta.

Para Rosane Guerra, os acordos de cooperação internacional são importantes para os alunos e, sobretudo, para o desenvolvimento do Estado. “Acordos dessa natureza vem ao encontro de uma das prioridades do governo nessa nova fase de investimentos que o Maranhão vive, que é a melhoria e qualificação dos recursos humanos locais”, pontuou a presidente da FAPEMA.

 

  Categorias: