Governo abre edital para seleção de estudantes para atuarem na Plataforma Souzinha

agosto 23 21:02 2017

 

sOUZINHAO Governo do Estado está selecionando estudantes universitários das instituições de ensino superior (IES), públicas e sediadas no Maranhão, para atuarem na condição de monitores da Plataforma Souzinha – aplicativo web de ensino-aprendizagem de Matemática. A seleção se dá por meio do Edital Fapema N° 023/2017 – Plataforma Souzinha lançado no site da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico – www3.fapema.br – que tem inscrições abertas até o dia 11 de setembro.

Serão selecionados cinco monitores e formado um cadastro de reserva com o mesmo número de estudantes. Cada monitor receberá uma bolsa mensal no valor de R$ 400,00. O prazo do contrato será de doze meses, a contar da data da emissão do Termo de Outorga.

A seleção será realizada em três etapas: análise do histórico da graduação, avaliação escrita e entrevista. Todos os candidatos que alcançarem a nota parcial igual ou superior a 08 nas etapas A e B passarão à etapa seguinte, de Entrevista. Esta, por sua vez, tem caráter classificatório, conduzindo a uma nota adicional de 0 a 5 pontos. A avaliação inscrita está prevista para o dia 18.

São requisitos para concorrer ao edital estar regularmente matriculado em uma IES pública, sediada no Estado, em curso área de Ciências Exatas ou Tecnologia; não estar cursando o último ano da graduação e não ter vínculo empregatício.

“Os monitores selecionados participarão de treinamento a ser realizado antes das atividades específicas de monitoria junto à Plataforma Souzinha. A participação no treinamento é pré-requisito obrigatório para integrar a equipe de monitoria, não havendo participação, ocorrerá a substituição imediata do monitor por outro do cadastro de reserva”, disse o diretor-presidente da Fapema, Alex Oliveira.

SOBRE A PLATAFORMA

A Plataforma Souzinha, segundo explicou o secretário adjunto de Inovação e Cidadania Digital e Coordenador do Programa Cidadania Digital da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Nivaldo Costa Muniz, faz parte das atividades que serão realizadas pelo Governo do Estado durante o Biênio da Matemática – 2017/2018 Gomes de Souza.

A ideia é que que alunos, professores e monitores possam buscar na plataforma a superação das dificuldades e construir bases públicas de conhecimento. A plataforma, segundo explicou Nivaldo Muniz, é uma mistura de redes sociais com fórum de dúvidas e deve estar no ar no mês de outubro com monitoria virtual para as disciplinas cálculo diferencial e integral, das várias instituições de ensino superior de São Luís.

Os monitores irão cumprir uma carga horária semanal de 20 horas. “Estamos preparando uma página, que entrará no ar nos próximos dias, com todas as informações sobre o funcionamento da plataforma”, contou o Nivaldo Muniz.

Ainda como parte das ações previstas para acontecer durante o Biênio da Matemática, estão o lançamento do Matemágicos, um jogo eletrônico de ensino-aprendizagem de matemática, com questões das olimpíadas apresentadas de forma interativa em uma história de aventura, o Festival da Matemática/Desafio Souzinha de Matemática, evento acadêmico-científico-cultural com o objetivo de popularizar e expandir a disciplina.

As ações visam promover e incentivar o crescimento e a popularização dos estudos da matemática no Maranhão. O Governo do Estado conta com a parceria do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). O Matemágicos deve ser lançado em outubro durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que acontece este ano em Timon.

  Categorias: