Governo do Estado e Prefeitura de São Luís dão início à 11ª edição da Feira do Livro de São Luís

novembro 13 13:27 2017

O Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís deram início na última sexta-feira, dia 10, à 11ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), maior evento literário e cultural da capital maranhense. O evento acontece até o dia 19 de novembro, no Centro Histórico de São Luís.

Este ano, a Feira do Livro homenageia a maranhense Maria Firmina dos Reis, mulher negra considerada a primeira romancista brasileira. A homenagem se deve também ao ano do centenário de morte de Maria Firmina dos Reis.

O secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão, representou o governador Flávio Dino e ressaltou a contribuição do evento para uma educação de qualidade. “A FeliS tem como meta estimular a leitura, possibilitar o acesso aos livros e contribuir para a cultura, o turismo e a economia. Parabenizo o prefeito Edivaldo e o governador Flávio Dino pelas determinações decisivas que garantiram este evento”, disse o secretário.

De acordo com a secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira, a Feira do Livro é um espaço riquíssimo porque possibilita que gerações estejam comprando livros e conhecendo escritos, além de terem relação com a temática que está sendo discutida no evento.

“Tenho certeza que é uma feira que tem um caráter especial, uma vez que traz à tona várias temáticas em relação ao povo negro e à resistência. Inclusive a patrona da Feira do Livro, a Maria Firmina dos Reis, tem uma relação muito forte com o Estado do Maranhão. Tenho certeza que só vai enriquecer o conhecimento e essa relação com a educação e a história para a juventude”, afirma a secretária de Estado da Juventude.

Ao todo são 34 estandes para livreiros e seis institucionais. A expectativa é que mais de 200 mil pessoas passem pelo Centro Histórico da capital durante os 10 dias do evento. Durante a Feira, os visitantes têm a oportunidade de acompanhar o lançamento de 56 obras literárias, com destaque para 40 livros de escritores maranhenses.

“A Fapema participa da Feira do Livro e expõe a produção acadêmica e científica do Maranhão no seu estande. Isso é muito importante porque é um espaço onde a gente consegue divulgar o que os pesquisadores maranhenses têm produzido. A Fundação expõe esse material, coloca a público, divulga e faz doações para que as pessoas tenham acesso a essa produção. Também é um momento de conviver de perto com esses produtores e trocar experiências”, destaca a diretora-científica da Fapema, Silvane Magali Nascimento.

A FeliS funcionará das 10h às 22h e tem uma vasta programação com palestras e apresentações culturais, lançamentos de livros, exposição, espaço infantil e uma série de atividades literárias com convidados de renome nacional.

Abertura do estande da Fapema

O lançamento da 32ª Revista Inovação e do novo site da instituição marcou a abertura da programação da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) na Feira do Livro de São Luís (FeliS). Os dois eventos aconteceram no último sábado (11), no estande da Fundação e contou com a presença do diretor-presidente da instituição, Alex Oliveira, do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles, e das diretoras-financeira e científica, Mariza Mendes e Silvane Magali Nascimento. A nova edição da revista faz uma homenagem aos 405 anos de São Luís.

Até o dia 19 de novembro, quando será o encerramento da FeliS, a Fapema fará o lançamento de  dezenas de livros que receberam apoio para publicação. “A participação da Fapema na FeliS merece destaque em função da quantidade de livros que a Fundação apoia todos os anos por meio dos editais Livros e Literatura. Este ano teremos diversos lançamentos. O estande da Fapema será um espaço com muito conhecimento e produção de literatura de todas as áreas”, pontuou o diretor-presidente a Fapema, Alex Oliveira.

Como matéria de capa a 32ª edição da Revista Inovação traz a pesquisa da professora Carolina Maria de Araújo que escreveu a tese de mestrado “Entre o traçado do passado, o plano moderno e a prática contemporânea – preservação e expansão de São Luís do Maranhão: 70 anos de planejamento urbanístico”. São também temas de matérias da revista estudos e análises das transformações sociais e espaciais em municípios maranhenses, desafios de políticas urbanas da região metropolitana e novas formas de mobilização política na zona rural.

Quem visitar o estande também poderá conhecer a lista dos finalistas do Prêmio Fapema Neiva Moreira 2017 e obter mais informações sobre os editais de fomento à pesquisa e inovação disponibilizados ao longo do ano pela instituição.

Novo site

Mais bonito, moderno e fácil de navegar, o novo site da Fapema entrou no ar esta semana com o objetivo de facilitar o acesso dos pesquisadores, professores, estudantes e a comunidade de uma forma geral aos programas, projetos e editais que são disponibilizados pela Fundação. O portal segue a nova linha da Fundação que tem recebido uma atenção especial do Governo do Estado que a cada ano tem aumentado os investimentos na área da ciência, tecnologia e inovação.

O novo site faz parte do processo de melhoria da instituição que tem trabalhado democratizando o acesso aos editais de fomento à pesquisa no Maranhão, envolvendo a sociedade na elaboração das chamadas públicas e dado mais transparência às ações da instituição. Os links estão bem mais visíveis com atalhos para aqueles que são mais acessados a exemplo do Patronage, editais, projetos especiais e orientação ao proponente.

A página já está no ar, mas ainda passível de ajuste. As críticas e contribuições são muito bem vindas e podem ser enviadas para o email ndc@fapema.br

  Categorias: