Agricultura familiar em debate

Agricultura familiar em debate
abril 26 18:03 2018

Visando discutir a criação do Instituto Estadual de Ciência e Tecnologia (IECT) – Agricultura Familiar, estão reunidos, no Casarão Tech Renato Archer, os secretários da Secti, Davi Teles e Pedro Igor Nascimento; o presidente, a diretora Científica e a assessora de Planejamento da Fapema, Alex Oliveira, Silvane Magali Nascimento e Aline Nunes, e representantes de diversos institutos de educação superior do Maranhão.

Segundo o presidente da Fapema, Alex Oliveira, o IECT Agricultura Familiar visa ao aumento da produção local e tem como prioridade a atenção à agricultura familiar. “Ele é de grande relevância também para que se qualifiquem as pesquisas que já foram realizadas sobre o tema na perspectiva da inovação. É preciso pensar, por exemplo, em maneiras de melhorar a produtividade dos nossos agricultores familiares, as potencialidades farmacológicas, design de produtos e industrialização de produtos”, conclui Alex Oliveira.

A representante da Pró-Reitoria e Pós-Graduação do Ifma, Flávia Sousa, “reuniões como essas são de grande importância porque denota com a força conjunta de instituições em prol da agricultura familiar, contribuindo para o desenvolvimento do nosso estado”, finaliza.

Já para a assessora de Planejamento da Fapema, Aline Nunes,  “criar e fortalecer os Institutos Estaduais de Ciência e Tecnologia do estado é fundamental para consolidar o avanço da ciência, tecnologia e inovação do Maranhão”, conclui.

Devido à complexidade do tema, a discussão não se encerra hoje: haverá ainda outros encontros para debater o assunto.

  Categorias: