Comitê de Julgamento da FAPEMA conclui avaliação do mérito das propostas submetidas ao edital Universal

Quase 300 projetos foram enquadrados e concorrem no edital que, neste ano, tem recurso recorde de R$ 8 milhões

Comitê de Julgamento da FAPEMA conclui avaliação do mérito das propostas submetidas ao edital Universal
junho 24 21:18 2022

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) encerrou, nesta sexta-feira (24), os trabalhos de avaliação de mérito dos projetos submetidos ao edital Universal. A chamada pública é uma das mais concorridas e aguardadas pela comunidade científica do Maranhão. Neste ano o edital recebeu recurso recorde do Governo do Estado, R$ 8 milhões – aumento de 60% em relação ao último edital. Foram quase 500 propostas inscritas e cerca de 300 enquadradas e avaliadas por consultores ad hoc de fora do estado.

Os mais de vinte consultores que integraram o Comitê de Julgamento são de instituições de ensino superior dos estados de Pernambuco, Piauí, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, São Paulo. A avaliação aconteceu de forma híbrida. Na primeira semana os avaliadores realizaram trabalho remoto e na segunda-feira, 20, foi iniciada a etapa presencial em São Luís.

“A avaliação das propostas é um trabalho criterioso e que precisa ser feito com muita lisura, daí o cuidado da FAPEMA de convidar consultores de outros estados para compor o Comitê”, explica o diretor-presidente da Fundação, André Santos.

O edital é dividido em três faixas: A – sênior, B- doutor e C- mestre. Serão financiadas propostas até o valor de R$ 80 mil, conforme a faixa. Para garantir uma maior participação dos pesquisadores do interior do Maranhão no edital, a FAPEMA reservou 60% dos recursos da faixa B para candidatos oriundos de instituições públicas de ensino superior ou pesquisa sediadas fora da capital.

“A reserva de cota para essa faixa atende reivindicação de jovens doutores do interior do Maranhão. Temos visitado municípios do interior para ouvir os pesquisadores com o objetivo de adequar os editais da FAPEMA de forma que contemplem pesquisadores de todo o estado”, conta André Santos.

Por meio do edital Universal serão financiados projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação nas diversas áreas do conhecimento, desenvolvidos em Instituições de Ensino Superior ou pesquisa, públicas ou privadas sem fins lucrativos, sediadas no Maranhão.

Os trabalho dos comitê foi coordenado pela assessora de Planejamento da FAPEMA, Kiany Cavalcante. Integram a equipe da FAPEMA o diretor Científico, João Batista Bottentuit Junior, e colaboradores dos setores de Planejamento, Auxilio e Gabinete.

O investimento da FAPEMA no edital e o nível das propostas inscritas foram destacados pelo consultores. Eles observaram que o Maranhão tem investimento financeiro e recursos humanos e por isso tem ocupado maior destaque na área .

  Categorias: