CONFAP e Ministério de Educação, Capacitação e Emprego da Austrália (DESE), assinam acordo de Cooperação Científica

CONFAP e Ministério de Educação, Capacitação e Emprego da Austrália (DESE), assinam acordo de Cooperação Científica
dezembro 01 10:36 2020

Na noite desta segunda-feira (30/11), no Brasil, e início da manhã de terça-feira (1/12) pela diferença de fuso horário, na Austrália, representantes do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), do Ministério Australiano de Educação, Capacitação e Emprego (DESE), da Embaixada da Austrália no Brasil e da Embaixada Brasileira na Austrália, se reuniram por videoconferência, para realizar a assinatura virtual do Memorando de Entendimento (MoU) entre o Confap e o DESE, que dará início a implantação de ações de pesquisa e desenvolvimento entre o Brasil e a Austrália.

O Conselheiro de Educação e Ciência da Embaixada da Austrália no Brasil – Matthew Johnston; o embaixador Australiano no Brasil, Timothy Kane; e o Embaixador Brasileiro na Austrália, Dr. Sérgio Eduardo Moreira Lima, deram as boas-vindas aos convidados e autoridades presentes na reunião virtual e destacaram a importância do acordo para os dois países.

Videoconferência realizada na manhã de terça-feira (1/12) – pela diferença de fuso horário – com autoridades reunidas na Austrália. (Foto: Divulgação DESE)

Em seguida, o presidente do Confap, prof. Odir Dellagostin, comprimentou os brasileiros e australianos presentes, e enfatizou a importância da reunião virtual e do acordo entre as entidades. “Quando algo como isso acontece, podemos visualizar pesquisadores sendo apoiados por nossas instituições e, consequentemente, um aumento das relações científicas e de inovação entre a Austrália e o Brasil.”

Dellagostin ainda ressaltou que o acordo é um marco para o Conselho Nacional das Faps, que amplia ainda mais a atuação das Fundações Estaduais de Amparo Pesquisa (FAPs) e dos pesquisadores brasileiros pelo mundo. “Para o Confap, este [Memorando de Entendimento – MoU] é o primeiro acordo firmado com um parceiro da Austrália e da Oceania. Portanto, amplia as regiões no mundo onde as FAPs poderão apoiar pesquisas de destaque, realizadas por grupos de pesquisadores de todas as áreas do conhecimento. Consequentemente, [este MoU] aumentará a troca de pontos de vista e o diálogo para se chegar a uma solução comum e benéfica para a população da Austrália e do Brasil.”

O Prof. Odir Dellagostin, presidente do Confap (à esquerda), e a Secretária Adjunta da Divisão Internacional do DESE, Karen Sandercock e o Embaixador Brasileiro na Austrália, Dr. Sérgio Eduardo Moreira Lima (à direita) por videoconferência. (Imagem: reprodução DESE)

Após à fala do presidente do Confap, a Primeira Secretária Adjunta da Divisão Internacional do DESE, Karen Sandercock, destacou a importância do acordo para os dois países, em um momento único na história da humanidade.

“Eu considero que este MoU chega em um momento crítico para a cooperação internacional, educação internacional, para a pesquisa, e para as nossas parcerias de colaboração, como nunca aconteceu.  Como a pandemia de Covid-19 continua a acarretar um enorme impacto no mundo, nós enfrentamos grandes desafios de saúde, economia e meio-ambiente. Contudo, trabalhando juntos, dividindo conhecimento e expertises, Austrália e Brasil podem contribuir para soluções inovadoras que nos auxiliarão a enfrentar estes desafios globais”, disse Sandercock.

A Primeira Secretária Adjunta da Divisão Internacional do DESE, também fez menção em sua fala sobre a estreita parceria entre os dois países.

“O Brasil sempre foi um parceiro importante para nós, e dividimos vários interesses de pesquisa e prioridades comuns. Como mencionado anteriormente [pelo Embaixador Timothy Kane], a Austrália possui bastante orgulho de receber um número crescente de estudantes brasileiros, que contribuem para os nossos sistemas de educação e de pesquisa, e trazem consciência cultural. Estes números crescem substancialmente, por volta de 40% nos últimos anos, significando que o Brasil é o principal parceiro da Austrália em educação na América Latina, e o 5º maior parceiro no mundo”, disse Sandercock.

A Secretária Adjunta da Divisão Internacional do DESE, Karen Sandercock assinou o Memorando de Entendimento – MoU entre o Confap e o DESE, ao lado do Embaixador Brasileiro na Austrália, Dr. Sérgio Eduardo Moreira Lima. (Foto: Divulgação DESE)

Memorando de Entendimento Confap/DESE

O Memorando de Entendimento (MoU) entre o Confap e o DESE viabiliza atividades que motivam pesquisadores australianos e brasileiros a atuarem conjuntamente em projetos de pesquisa; possibilita a mobilidade de pesquisadores, alunos de pós-doutorado e alunos de pós-graduação (incluindo doutorado e mestrado) entre os países (quando for autorizado a mobilidade pelas autoridades sanitárias de ambos os países em razão da pandemia de Covid-19); a realização de seminários, workshops e publicações para promover os resultados das atividades conjuntas; e a preparação e coordenação de outras atividades em conjunto que possibilitem o intercâmbio científico entre o Brasil e a Austrália.

Ministério Australiano (DESE)

O Ministério de Educação, Capacitação e Emprego (DESE – Department of Education, Skills and Employment) é um órgão do Governo Federal australiano que tem por missão garantir que os cidadãos do país tenham acesso aos benefícios econômicos proporcionados por uma educação de qualidade, pelo aprimoramento de habilidades e pelo emprego. O objetivo principal do DESE é prover aos australianos – em todas as fases da vida e da carreira – acesso a conhecimentos, habilidades e competências necessárias para alcançar um patamar elevado de qualidade de vida, prosperar no trabalho e, por consequência, contribuir para o desenvolvimento da comunidade em que o cidadão está inserido. Saiba mais sobre o DESE no link.

Conselho Nacional das FAPs (Confap)

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) é uma organização sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. Criado em 28 de abril de 2006, congrega 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs), e trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. Saiba mais sobre as FAPs no link.

Representação brasileira e australiana na reunião virtual

Participaram do encontro virtual, representando o lado brasileiro: o Presidente do Confap –  Prof. Odir Dellagostin; Flávia Cerqueira – Assessora de Cooperação Internacional do Confap; Dr. Sérgio Eduardo Moreira Lima – Embaixador do Brasil na Austrália; Fábio Rocha Frederico – Cônsul do Brasil na Austrália; e Luís Fernando Corrêa da Silva Machado – Chefe da Divisão de Promoção Tecnológica do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Participantes da videoconferência (Imagem: reprodução DESE)

E pelo lado australiano, participaram: Timothy Kane – Embaixador da Austrália no Brasil; Drª. Cristina Elsner – Gerente de Educação e Ciência da Embaixada da Austrália no Brasil; Luisa Feldman Neves – Oficial de Políticas Educacionais da Embaixada Australiana no Brasil; Karen Sandercock – Primeira Secretária Adjunta da Divisão Internacional do DESE; Matthew Johnston – Conselheiro de Educação e Ciência da Embaixada da Austrália no Brasil; Barbara Klompenhouwer – Assessora do Departamento Internacional do DESE; David Fouad – Oficial de Políticas e Programas do DESE; e Nancy Pritchard – Diretora Internacional da Academia Australiana de Ciências (AAS).

Fonte: Assessoria de Comunicação Social – Confap

(Por: Fernando de Lucena – com colaboração de Flávia Cerqueira/Confap)

  Categorias: