Diretor-presidente da FAPEMA André Santos acompanha apresentação dos resultados do Projeto LAPASSION

Diretor-presidente da FAPEMA André Santos acompanha apresentação dos resultados do Projeto LAPASSION
maio 23 18:15 2019

Após dez semanas de intenso trabalho e pesquisas, estudantes do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) apresentaram os resultados do Projeto LAPASSION, etapa São Luís, que tem como foco a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Maranhão. Com resultados dos  projetos inovadores, ideias que contribuem para o fomento do turismo na capital maranhense e no município de Santo Amaro; para a inserção de mulheres vítimas de violência no mercado de trabalho e para a garantia de seus direitos e para a melhoria da qualidade de vida da população. Os projetos são um estímulo ao desenvolvimento de pesquisa e inovação para a solução de demandas regionais. Em nova etapa do projeto 16 alunos do IFMA irão para Porto, em Portugal onde atuarão em novos trabalhos.

O diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão, Fapema, André Santos, um dos coaches do projeto, acompanhou a apresentação dos alunos ao lado dos diretores da Fundação, Maurício Brandão (Administrativo e Financeiro), João Batista Bottentuit (Científico), do reitor do IFMA, Roberto Brandão e do secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Davi Telles, que na ocasião representou o governador, Flavio Dino.

“Foram apresentados aqui protótipos de projetos com grande potencial para implementação. Estão de parabéns os professores que desenvolveram o projeto com os alunos do IFMA e com os que vieram do exterior. São excelentes proposta, uma mostra daquilo que é possível desenvolver no IFMA, no nosso Estado. São trabalhos importantes que visam a melhoria do IDH, foco de muitas pesquisas da FAPEMA”, disse, André Santos. O presidente adiantou que é intensão do Governo lançar, por meio da Fundação, edital semelhante ao Projeto LAPASSION que vai possibilitar mais oportunidades para estudantes maranhenses.

SOBRE O PROJETO

Durante a execução do programa os estudantes recebem orientações que seguem a metodologia do Design Thinking – que busca soluções inteligentes a problemas reais com base em princípios como empatia e interatividade. As equipes são formadas por 44 alunos de diferentes cursos de graduação do IFMA; além dos Institutos Federais de Alagoas, Amazonas, Pernambuco e Rondônia; e de universidades da Espanha, Finlândia, Portugal e Uruguai.

Ao todo foram apresentados projetos de seis equipes multidisciplinares e cada uma ficou responsável pelo atendimento de um desafio relacionado ao tema “Melhorando o IDH do Maranhão”. Entre as problemáticas que eles buscam solucionar estão o desenvolvimento do turismo local, a potabilidade da água e o combate à violência contra a mulher. Os projetos contaram  com a parceria das secretarias de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) e de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), que conduz o Plano Mais IDH – programa voltado para superação da extrema pobreza dos 30 municípios maranhenses com menor Índice de Desenvolvimento Humano. A cidade de Santo Amaro faz parte do Plano Mais IDH e por isso foi escolhida para receber o projeto juntamente com São Luís.

O LAPASSION (Latin America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network) faz parte do programa de capacitação internacional Erasmus+, da União Européia, e tem o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) como instituição anfitriã. “Por meio do projeto os alunos foram buscar conhecimento para aplicar na melhoria da qualidade de vida das pessoas. Agradecemos ao governador Flávio Dino pelo apoio dado, por meio de várias secretarias que possibilitou casa o projeto ao Plano Mais IDH”, destacou o reitor do IFMA, Roberto Brandão.

Durante seu pronunciamento o secretário da Secti, Davi Telles colocou à disposição dos alunos o Casarão Tech Renato Archer que pode ajudar no processo de incubação e/ou aceleração dos projetos apresentados. Ao falar sobre o projeto o secretário destacou a importância do trabalho dos alunos “que saíram da academia para buscar soluções para problemas da população e para elevação do IDH”.

A apresentação dos resultados foi cheia de muita emoção por parte dos professores e estudantes. Durante a sua fala a pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do IFMA, professora Natilene Mesquita se emocionou com os resultados dos projetos que refletiram a forma responsável e o cuidado dos alunos no desenvolvimento de iniciativas inovadoras que possam refletir na melhoria das cidades e na vida dos seus moradores.

Entre as autoridades presentes no evento estavam ainda o diretor-geral do IFMA Monte Castelo, Claudio Leão, a diretora de Relações Internacionais do IFMA, Virgínia Freire, o coordenador-geral do LAPASSION Carlos Ramos, o secretário executivo do Conselho Nacional dos Institutos da Rede de Educação Profissional Científica e Tecnológica (CONIF), Alexandre Bahia, representante da secretária de Direitos Humanos, secretário-adjunto de Promoção do IDH, Bruno Lacerda, pró-reitores e diretores de institutos da capital e do interior do Estado.

Texto: Elizete Silva / Núcleo de Difusão Científica da FAPEMA

  Categorias: