Diretora da Fapema profere palestra na abertura do SEMIC promovido pela Uema

Diretora da Fapema  profere palestra na abertura do SEMIC promovido pela Uema
dezembro 02 13:15 2010

fapema-semic-uemaCom o objetivo de divulgar conhecimentos gerados na pesquisa e aumentar o envolvimento discente na produção cientifica foi aberto na noite de terça-feira, 01, o XXII SEMIC promovido pela Universidade Estadual do Maranhão, com o apoio da Fapema. Paralelo ao evento, aberto pelo reitor José Augusto Oliveira, acontece também o II Seminário de Pós-graduação. A diretora presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Rosane Nassar Meireles Guerra, foi a palestrante da noite. Ela falou sobre o fomento à pesquisa, inovação e extensão no Maranhão.

Durante o evento foi lançado o livro “Diagnóstico dos sistemas de produção pesqueiro artesanais do litoral do Maranhão, pela professora Zafira da Silva de Almeida. A publicação, que tem também a autoria das professoras Victoria Judith Nahum, Nayara Barbosa Santos e Alexandra Paz, tem o apoio da Fapema. Ainda na mesma solenidade foram lançados o Catálogo de Laboratórios da Uema e o CD de resumos dos trabalhos dos bolsistas.

No XXII Seminário de Iniciação Cientifica (SEMIC), que será encerrado na sexta-feira, 03, serão apresentados resultados dos trabalhos de 243 bolsistas, além de 70 voluntários, na forma oral ou de pôsteres. Palestras e minicursos completam a programação que se encerra com a premiação para os melhores trabalhos, por área de conhecimento.

“A difusão destas pesquisas para mais de mil inscritos atinge os objetivos de repercussão necessários seja na universidade, seja na comunidade maranhense”, disse o reitor da Uema. Ele destacou a importância da Fapema no fomento à pesquisa no Maranhão. “Educação, ciência, tecnologia e inovação são essenciais para o desenvolvimento do Estado”, completou José Augusto.

presidente-da-fapemaEm sua palestra a presidente da Fapema explicou as fases da pesquisa científica destacando os pontos que devem ser observados na elaboração de um projeto para que se obtenha o resultado desejado. “A execução do projeto pode nos conduzir a trilhos ou a  trilhas. Apesar dos trilhos nos conduzirem a caminhos já definidos, são as trilhas  que nos possibilitam explorar lugares nunca visitados”, observou.

Pós-graduação – durante o Seminário de Pós-graduação  será discutida a pós-graduação, os cursos em andamento, as perspectivas de ampliação e melhoria de sua qualidade. O pró-reitor de Graduação da universidade, Walter Canales disse que a discussão torna-se ainda mais importante no momento em que se impõe por meio de resoluções federais um número mínimo de cursos pós-graduação stricto sensu. “Essas metas devem ser atingidas em 2013 e 2016, para manutenção do status de universidade”.  
 

  Categorias: