Espaços Científicos-Culturais são contemplados em novo edital do MCT

Espaços Científicos-Culturais são contemplados em novo edital do MCT
outubro 29 15:44 2009

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Secretaria de Ciências e Tecnologia para Inclusão Social (SECIS/MCT), em parceria com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) disponibilizaram no último dia 21, o edital para a submissão de propostas com o objetivo de obter apoio financeiro para espaçomuseusites científicos-culturais, como centros e museus de Ciência e Tecnologia, planetários, jardins zoobotânicos e instituições similares, visando promover a expansão e a melhoria de suas ações.

 

A finalidade do edital é aprimorar a difusão e popularização da cultura científico-tecnológica junto à sociedade brasileira e contribuir para a melhoria da qualidade do ensino das ciências.

 

As FAPs de Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e Sergipe, participarão do edital, co-financiando propostas selecionadas cujas instituições sedes estejam em seus respectivos estados. A adesão dessas Fundações ao presente Programa, com alocação de recursos próprios, permitirá a ampliação no número de propostas contempladas.

 

As propostas devem ser acompanhadas de arquivo contendo o projeto e devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas, até o dia 05 de dezembro, às 18 horas, horário de Brasília.

 

A divulgação dos resultados estará disponível no Diário Oficial da União e na página do CNPq na Internet a partir do dia 14 de dezembro. O início da contratação das propostas aprovadas está previsto também para o mês de dezembro, dia 23.

 

As propostas aprovadas serão financiadas no valor global estimado de R$16 milhões sendo R$ 7 milhões oriundos da Ação Transversal do FNDCT/Fundos Setoriais, a serem liberados em duas parcelas, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq.

 

As FAPs parceiras contribuirão para o Edital com o valor global estimado em R$ 9 milhões. O Governo do Maranhão, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado do Maranhão – FAPEMA contribuiu com R$ 200 mil.

 

Informações sobre o Edital, regulamento, linhas temáticas, critérios para julgamento da proposta clique aqui: http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/docs/064.pdf ou http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/064.htm

 

  Categorias: