Fapema abre votação para escolha do ganhador da categoria PopVideo Ciências do Prêmio Fapema

Fapema abre votação para escolha do ganhador da categoria PopVideo Ciências do Prêmio Fapema
novembro 08 09:54 2017

Como forma de envolver a sociedade no processo de escolha dos ganhadores do Prêmio Fapema Neiva Moreira 2017, a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) disponibilizou no site da Fundação os vídeos dos três finalistas na categoria PopVídeo Ciências. O vencedor será escolhido por votação pública por meio do portal da Fundação – www.fapema.br.

A categoria, que é uma das novidades do Prêmio, visa, segundo informou o presidente da Fapema, Alex Oliveira, promover a disseminação do conhecimento científico produzido no estado por pesquisadores por meio da divulgação de pesquisas sob o formato de vídeo incentivando a popularização da ciência.

Além de troféu e certificados, os vencedores receberão um valor em dinheiro que varia de R$ 2.500,00 a R$ 1.250,00 de acordo com a colocação (1º, 2º e 3º lugar). Os professores orientadores também serão premiados. Concorrentes são estudantes do ensino médio ou técnico e graduação vinculados às instituições públicas sediadas no Maranhão, que tiveram bolsa Fapema vigentes entre julho de 2016 e junho de 2017.

Ao falar sobre o trabalho a estudante Luísa Rosa, que tem como orientadora a professora Ivana Maia, conta que o objetivo é a inclusão de pessoas privadas de percepção visual ao estudo e apreciação de obras pictóricas de arte. A pesquisa da estudante desenvolve uma metodologia para a geração de modelos gráficos tridimensionais de obras de arte que, uma vez produzidos por impressão 3D, poderão ser utilizados em sala de aula ou museus para possibilitar o contato tátil de pessoas com deficiência visual total ou parcial com obras de arte.

“Este projeto apresenta uma metodologia desenvolvida com o intuito de promover inclusão de pessoas cegas ou com baixa visão no campo das artes visuais, através de uma tecnologia que consiste na modelagem de obras renomadas para a exploração tátil”, explica a estudante.

O trabalho de Anthony Alencar, orientado pelo professor Keyll Martins, visa à análise e projeto de um sistema de controle para um veículo elétrico, utilizando-se do método proporcional, integral e derivativo, PID, aplicado a motores elétricos do tipo corrente contínua sem escovas (BLDC). Esse tipo de motor, segundo Alencar, possui uma ampla gama de aplicações industriais, devido a sua alta eficiência, alto torque e baixo peso em relação a um motor CC convencional. “O controle deste trabalho terá como principal característica o controle de velocidade e tração aplicada a necessidades inerentes à dinâmica automotiva”, conta.

Na busca da Caracterização Molecular de Bacillus Thuringiensis Ativo a Aedes Aegypti Utilizando Rep-Pcr a estudante Nayanne Santos Oliveira analisou a diversidade genética de isolados de B. thuringiensis do Banco de Bacilos Entomopatogênicos do Maranhão (BBENMA) ativos a Aedes aegypti. Para tanto, 35 isolados de B. thuringiensis do BBENMA e sete subespécies de B. thuringiensis, usadas como padrão, foram cultivados previamente em placas contendo meio ágar nutriente para a extração do DNA. Em seguida, foram realizadas as reações de PCR utilizando os marcadores ERIC e Bc-REP e os fragmentos gerados foram analisados por eletroforese em géis de agarose a 1,5%.

Para análise dos dados foi construída uma matriz binária (0/1) com base na presença ou ausência de bandas. “As distâncias genéticas foram obtidas pelo complemento do Coeficiente de similaridade Jaccard e os agrupamentos foram realizados pelo método UPGMA. As análises permitiram observar que a maioria dos isolados de B. thuringiensis e subespécies (81%) apresentou diferentes padrões de Rep-PCR”, contou a pesquisadora acrescentando que os grupos formados por isolados de B. thuringiensis com as subespécies mosquitocidas, ratificam o potencial desses isolados para o desenvolvimento de novos bioinseticidas brasileiros para o controle de insetos vetores.

 

  Categorias: