Fapema participa da abertura do 41º Conselho Nacional de Associações de Pós-Graduandos (Conap)

Fapema participa da abertura do 41º Conselho Nacional de Associações de Pós-Graduandos (Conap)
novembro 24 17:49 2017

Teve início na manhã desta sexta-feira, dia 24, no Centro de Criatividade Odylo Costa filho, no Centro Histórico de São Luís, o 41º Conselho Nacional de Associações de Pós-Graduandos (Conap).

O evento tem como objetivo congregar as Associações de Pós-Graduandos (APG’s) de todo o país para discutir sobre a importância dos estudantes de pós-graduação na produção científica do país e os direitos que são pertinentes a eles.

Com o tema “Pós-graduandos em defesa da Ciência e do Brasil! Pugnar pela democracia, superar a crise e conquistar direitos”, o conselho discutiu a necessidade de reforço de investimentos em programas para o setor, a fim de criar um ambiente cada vez propício para o livre desenvolvimento da pesquisa científica e tecnológica no Brasil.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Alex Oliveira, o Governo tem apoiado intensivamente a pós-graduação do Maranhão, dobramos o número de bolsas de pós-graduação no estado e reabrimos editais para que alunos possam fazer mestrado e doutorado fora do Maranhão – no caso do doutorado até mesmo fora do país.

“Ampliamos o apoio aos programas de pós-graduação para que eles possam fazer missões, bancas com convidados externos e ampliamos o apoio para a publicação de artigo científico e de livros. Demos um salto de qualidade de 2015 para 2016 que já é visível nos indicadores. Se nós olharmos o novo conceito da Capes para os programas de pós-graduação, houve melhorias no Brasil em termos de 20% e o Maranhão alcançou uma melhoria em torno de 30%. O número de artigos publicados em 2015 e 2016 no Brasil cresceu 5%, enquanto que no Maranhão cresceu 20%. Então nós saímos de uma realidade onde o nosso estado ficava abaixo da média nacional para um momento onde nos encontramos hoje acima da média”, destacou Alex Oliveira.

Para o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles, o Conap é um evento bastante importante no momento de crise nacional. “O Maranhão tem caminhado no sentido inverso à crise. Os setores da pesquisa e do fomento à pós-graduação têm grande influência nisso, visto que a academia desde sempre aponta caminhos novos para superação dessa anormalidade. E o Conap vem ao encontro daquilo que o Governo do Estado tem pensado na área da Ciência, Tecnologia e Inovação, notadamente no setor da pesquisa de alta performance”, disse o secretário.

Conap

O Conap se constitui uma instância deliberativa, consultiva e fiscal da Associação Nacional de Pós-Graduandos, sendo realizado a cada dois anos. Configura-se como instrumento fundamental para a discussão da pós-graduação, abordando as realidades locais, com a participação de representantes das APG’s de todo território nacional.

  Categorias: