FINEP e BNDES abrem editais de apoio à inovação e tecnologia

FINEP e BNDES abrem editais de apoio à inovação e tecnologia
março 19 21:08 2013

FINEPA Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP, empresa vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, estão com chamadas abertas para editais que beneficiam Instituições Tecnológicas, Instituições de Apoio e empresas públicas e privadas com programas voltados à Ciência, Inovação e Tecnologia.

O BNDES Fundo Tecnológico – BNDES Funtec, tem como objetivo apoiar financeiramente, com recursos não reembolsáveis, projetos de pesquisa aplicada, desenvolvimento tecnológico e inovação executados por Instituição Tecnológica (IT), Instituição de Apoio (IA) e empresas, desde que selecionados de acordo com os focos de atuação divulgados anualmente pelo banco. Nesta etapa serão apoiados trabalhos nas áreas de: Energia, Meio Ambiente, Eletrônica, Novos Materiais, Química e Veículos Elétricos, Híbridos e a Pilha-Combustível. Para saber mais sobre o edital acesse o site do BNDES no endereço www.bndes.gov.br. 

Já a FINEP lançou quatro editais, que cobrem as áreas de Nanotecnologia, Produtos Obtidos por Processos Biotecnológicos e Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) Construção Sustentável e Saneamento Ambiental, com um total de R$ 144 milhões em recursos não reembolsáveis, para empresas de qualquer porte com projetos de inovação. Os interessados devem mandar suas propostas até o mês de maio, conforme o cronograma específico de cada edital disponível no endereço www.finep.gov.br. 

Os editais da FINEP e do BNDES foram abertos logo após o Governo Federal fazer o lançamento do Plano Inova Empresa, na última quinta-feira (14). O Plano tem como objetivo elevar a produtividade e a competividade das empresas brasileiras e disponibiliza um total de 32,9 bilhões de reais. De acordo com o ministro da Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, a inovação tecnológica é um dos três pilares elencados pelo Plano Brasil Maior, lançado em agosto de 2011. “Os outros são a redução dos custos de trabalho e do capital e o adensamento das cadeias produtivas”, detalhou. “A inovação tecnológica está ligada, de fato, a ações que, agora, ganham mais força”, finalizou. 

  Categorias: