Governo abre edital para participação de jovens em intercâmbio internacional

Governo abre edital para participação de jovens em intercâmbio internacional
agosto 20 18:41 2015

0cidadao-mundo0Jovens da rede pública interessados em participar de intercâmbio internacional já podem se inscrever no edital do programa “Cidadão do Mundo”, lançado nesta quinta-feira (20), pelo secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Bira do Pindaré. A cerimônia, realizada no auditório da secretaria, contou com as presenças do diretor presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Alex Oliveira, e da secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira.

“Esta é uma oportunidade oferecida aos jovens que mais precisam, aqueles que estão na escola pública, de fazer intercâmbio internacional, de se qualificar em outro idioma. Estamos muito felizes pela criação desta iniciativa, pelo apoio que o governo Flávio Dino nos dá para que isso possa ser efetivado e, sobretudo, de permitir que pessoas que talvez não tivessem condições de sair do Maranhão possam agora percorrer o mundo”, destacou Bira do Pindaré.

O secretário informou que já está sendo estudada outra possibilidade, dentro do programa, que é o estágio internacional, na medida em que se tenha vaga e cooperação com universidades estrangeiras. A Secti é responsável pela gestão do programa. O Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia (Iema) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) respondem pela execução do projeto. As inscrições podem ser feitas no site da Secti no endereço www.secti.ma.gov.br até o dia 30 de setembro.

O objetivo do “Cidadão do Mundo”, que tem como público alvo jovens entre 18 e 24 anos, é incentivar a capacitação bilíngue entre os jovens maranhenses, estimular a qualificação da produção científica e tecnológica nas carreiras acadêmicas, promover a integração e atualização dos jovens maranhenses em outras culturas.

Podem participar jovens egressos do Ensino Médio da Rede Pública de ensino do estado ou de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais ou a fundações sem fins lucrativos, mantidas por instituições financeiras. A criação do Programa surgiu da necessidade de melhorar o desempenho linguístico e o posicionamento do Maranhão em rankings como o do Brasil sem Fronteiras do Governo Federal.

SELEÇÃO  

A coordenadora do programa, Fabiana Moura, explicou que para participar do programa os jovens devem atender a quatro requisitos: ter entre 18 e 24 anos, ser oriundo, integrante ou egresso da rede pública, ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter obtido nota 8 nas disciplinas cursadas no ano imediatamente anterior as inscrições; além da frequência mínima de 80% as aulas regulares.

O edital vai contemplar cem estudantes que terão direito a bolsas mensais de R$ 1.500, pagas por meio da Fapema. “O Programa Cidadão possibilita a transformação desses jovens abrindo muitas portas para o conhecimento em outro país, além de aprender uma outra cultura. Essa iniciativa vai nos trazer profissionais mais engajados, com outras referências do que pode ser feito para melhorar a vida das pessoas”, disse o diretor-presidente da Fapema, Alex Oliveira.  

São 62 vagas para Inglês, oito para Francês e 30 para Espanhol. O programa, segundo destacou o secretário Bira do Pindaré, é fundamental para inserir este público em um meio profissional e acadêmico cada vez mais exigente. O edital prevê o Curso de Imersão, etapa de aperfeiçoamento dos selecionados da qual participarão 200 candidatos.

A mobilização dos jovens para participar do “Cidadão do Mundo” será feita pela Secretaria de Estado da Juventude. A secretária, Tatiana Pereira, ao falar sobre a importância do programa disse que, com a medida se percebe que no governo Flávio Dino há a preocupação de que as políticas públicas cheguem às pessoas que mais precisam.

“A juventude tem sido um público alvo dessas políticas e o programa Cidadão do Mundo tem essa perspectiva de se criar horizontes e oportunidades para juventude”, comentou a secretária. No próximo dia 10 de setembro haverá uma reunião com gestores municipais da Juventude para a criação de pontos de inscrições do edital, segundo informou Tatiana Pereira.  

  Categorias: