Governo do Maranhão embarca 60 participantes do Programa Juventude com Ciência

Governo do Maranhão embarca 60 participantes do Programa Juventude com Ciência
novembro 17 18:16 2017

O Governo do Maranhão, a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação – SECTI, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA, em parceria com a Secretaria Extraordinária da Juventude – SEEJUV e Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), embarcaram na manhã desta sexta-feira, dia 17 de novembro um grupo formado por 60 participantes do Edital FAPEMA Nº 05/2017 – Juventude com Ciência para os municípios de Araioses e Serrano do Maranhão.

O projeto visa contribuir para a formação de estudantes vinculados às instituições da rede pública, por meio da mobilidade acadêmica, para o desenvolvimento de projetos de caráter extensionista que colaborem para a melhoria dos indicadores sociais do Maranhão, por meio da linha de ação “Popularização da Ciência” e no âmbito do programa “Mais Divulgação” da Fapema.

De acordo com o presidente da Fapema, Alex Oliveira, é uma oportunidade que a Fapema e o Governo do Estado do Maranhão disponibiliza para que os jovens possam conhecer as realidades dos municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Maranhão e levar seus conhecimentos. “Vão apresentar suas pesquisas e atividades que fazem mais no contexto da escola e levarão para outros jovens conhecerem e se inspirarem na produção do conhecimento. Então este é o grande objetivo do juventude com ciência. Esses meninos vão conhecer essa realidade e certamente voltarão motivamos a pensar soluções para os nossos problemas e como colocar seus conhecimentos e as suas pesquisas a serviço da melhoria de qualidade de vida de todos nós”, declarou.

Saulo Lira, Professor da Unidade Plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) em Bacabeira, destacou que está participando com grupo por meio do projeto ‘Cinerando’, fazendo a primeira viagem ao município de Serrano do Maranhão, levando a ciência, agregando um pouco de afeto também com a exibição de filmes, mostras e oficinas sobre montagem de cineclube, confecção de câmera escura e fotografia artesanal. “Esses projetos são importantes tanto para as unidades de ensino como também para os estudantes, pois agrega valor para eles e também disseminar um pouco de conhecimento pelos municípios do Maranhão que são mais carentes de ações desse tipo”, pontuou.

Já o Professor de História da Unidade Plena do IEMA Bacabeira, Hugo Bezerra que apresentará no projeto de extensão o “Raciocine”, acredita que o é fundamental, em especial, servirá como experiência para alunos pelo fato de poderem vivenciar e mostrar pesquisas e conhecimentos que eles têm adquirido, assim como também poder dá visibilidade para esse projeto. “É muito importante pelo fato de sair do âmbito das escolas e mostrar para a sociedade o que tem sido feito pelas unidades de ensino e poder levar esse conhecimento, entretenimento e lazer para esses municípios de menor IDH do Maranhão”, complementou.

Para Guilherme Silva do curso de Logística na Unidade Plena de Bacabeira ir para Serrano do Maranhão para desenvolver nosso projeto Juventude com Ciência com o apoio da Fapema está sendo muito divertido. “Participar desse evento faz com que a nossa rotina escolar muda e está sendo um momento de se interagir com outras pessoas que não conhecem tanto as Unidades IEMA e a Fapema. Eu olho uma oportunidade para que nós possamos nos expressar melhor, levar mais conhecimento e como experiências novas para enriquecer nossa vida estudantil e profissional também”, ponderou.

Segundo o Professor Wenderson de Matemática da Unidade Plena do IEMA São Luís que estará participando da missão por meio do projeto “Introdução À Programação com a ferramenta SCRATCH” e espera realizar um trabalho de qualidade com a equipe em comunidades da cidade de Araioses. “Vamos viajar para Araioses neste fim de semana para desenvolver o projeto com alunos das comunidades. Esse projeto é importante porque está desenvolvendo os conhecimentos dos nossos alunos do IEMA e dando novas oportunidades para estudantes de comunidades de baixo índice de desenvolvimento humano, pontou.

Maria Eduarda Reis, estudante da Escola Estadual Raimundo Rodrigues da cidade de Serrano do Maranhão ressalta que foi um das alunas que ganhou a bolsa para participar do projeto Juventude com Ciência. “O nome da nossa equipe é Jovem Cientista e nós vamos mostrar para a sociedade de Araioses, todo nosso potencial e tudo que nós aprendemos aqui”, finalizou.

2ª Etapa da Missão

Dos dias 24 a 27 de novembro sairá a segunda caravana do Juventude com Ciência. Desta vez, os municípios de menor IDH visitados serão Brejo de Areia e Governador Newton Bello. Estão previstas diversas atividades nessas cidades, dentre elas, leitura de contos, interpretação de músicas, coleta seletiva de lixo, exposições, oficinas, declamação de poesias e momentos culturais. Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro da programação da missão!

  Categorias: