Governo do Maranhão realiza capacitação sobre dengue, zika vírus e chikungunya

Governo do Maranhão realiza capacitação sobre dengue, zika vírus e chikungunya
outubro 25 13:48 2016

dengue zika chikungunyaO Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), deu início nesta segunda-feira (24), a ‘Oficina do Novo Protocolo de Investigação de Óbitos por Arboviroses Urbanas’, como a dengue, zika vírus e chikungunya. A capacitação é voltada para enfermeiros das Unidades Regionais de Saúde (URS) e acontece até essa terça-feira (25), no auditório do Hotel Praia Mar, em São Luís.

A oficina consiste em uma estratégia que alia teoria e prática para formar profissionais multiplicadores e que serão referências em realizar investigações de óbitos por essas arboviroses. O treinamento é ministrado pela superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Graça Lírio Leite; a médica infectologista Maria dos Remédios Carvalho branco, consultora da SES; e a coordenadora do Programa Estadual da Dengue, Joseneide Matos.

 

Segundo a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Graça Lírio Leite, é uma forma de elaborar planos direcionados à prevenção da infestação dessas doenças no estado. “Nosso objetivo é aperfeiçoar os procedimentos de vigilância e estratégias de prevenção e controle. Quanto mais investigamos sobre fatores determinantes dos óbitos, podemos propor medidas para evitar que esses fatores permaneçam. Esses profissionais capacitados têm a responsabilidade de repassar as informações e ser uma referência dentro da URS”, explicou a superintendente.

 

A enfermeira Mary Nara Pinheiro, da regional de Zé Doca, considera importante a convocação da SES para esse tipo de capacitação. “Sabemos que quanto mais se qualifica os profissionais existe menos risco de fazer um trabalho duvidoso. Precisamos acompanhar os estudos e está sempre requalificando. Nós que estamos aqui repercutiremos o que foi aprendido treinando os profissionais dos municípios”, disse a enfermeira.

 

O novo protocolo de investigação de óbitos por dengue, zika e chikungunya, foi lançado pelo Ministério da Saúde (MS) há cerca de três meses. Os fatores a serem investigados envolvem o histórico familiar, social, considerando os ambientes que o cercam, levantamento dos fatores de risco nessa localidade, atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) e histórico clínico da doença, ressaltando como que ela ocorreu e o que a encaminhou para o óbito.

 

 

  Categorias: