Governo realiza cerimônia de pré-embarque dos alunos da 4ª edição do Programa Cidadão do Mundo

Governo realiza cerimônia de pré-embarque dos alunos da 4ª edição do Programa Cidadão do Mundo
maio 10 22:58 2018

Texto e Fotos: Leidyane Ramos

O Governo do Estado do Maranhão realizou na tarde desta quinta-feira, dia 10, no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque, a cerimônia de pré-embarque dos alunos participantes da quarta edição do Programa Cidadão do Mundo e da abertura do “+ Cidadão do Mundo: Intercâmbio de Experiências e Oportunidades”. O governador Flávio Dino recebeu os 80 estudantes que embarcam para três meses de intercâmbio nos Estados Unidos, Espanha, Canadá e África do Sul, com o objetivo de aprender as línguas inglesa e espanhola. A solenidade foi marcada de músicas, relatos e homenagens.

Coordenado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), o programa tem como público-alvo, jovens de 18 a 24 anos e visa dar oportunidade aos estudantes egressos da rede pública de ensino, para se aperfeiçoar em um segundo idioma em outro país com todas as despesas pagas pelo Governo.

De acordo com o governador Flávio Dino, o Governo do Maranhão possui diversos programas de cooperação visando ao aprimoramento de estudantes maranhenses em vários âmbitos de ensino, entre eles o ‘Cidadão do Mundo’, traz novas oportunidades de aprimorar conhecimentos.

“É a prova que de fato nós acreditamos na educação e por isso temos um conjunto de programas bastante abrangente, desde a dimensão da educação infantil, do ensino fundamental, apoiando as prefeituras, mediante o Programa Escola Digna até abranger o chamado intercâmbio, uma oportunidade antes reservada apenas para aqueles que tinham condições de pagar e agora mediante uma política pública nós abrimos possibilidade de alunos oriundos, regressos ou pertencentes da rede pública e que muitas vezes não tem condições de financeiras equivalentes podem ter acesso a essa oportunidade. Portanto é mais medida que além de incentivar o aprimoramento educacional sublinha a importância da igualdade de chances para que nós tenhamos uma sociedade autenticamente desenvolvida”, destacou o governador Flávio Dino.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles, faz avaliação e fala das perspectivas sobre o futuro do programa ‘Cidadão do Mundo’ e das atividades que serão realizadas neste fim de semana no Casarão Tech Renato Archer, Centro Histórico de São Luís. “Jovens acadêmicos que já experimentaram essa oportunidade de viajar para estudar língua estrangeira em outros países. Privilégio esse que até muito pouco tempo atrás era reservado somente aos filhos da classe média alta ou da classe alta. Desde 2015 o governador Flávio Dino estabeleceu como meta prioritária, proporcionar aos alunos oriundos da escola pública essa experiência, estabelecendo assim, um novo patamar de mobilidade acadêmica no nosso Estado”, declarou.

“Durante a sexta e o sábado os participantes terão uma programação bem diversificada e estarão no Casarão Tech Renato Archer trocando experiências, dicas, cantando em videokê nas línguas aprendidas, fazendo happy hour, em rodas de conversas, assistindo a workshops e palestras das embaixadas e das escolas estrangeiras que aqui estão presentes. Enfim, uma grande festa, mas também uma demonstração clara da continuidade do trabalho do exitoso programa do governo Flávio Dino. A perspectiva é concluir esta quarta edição. A partir de 2019 começaremos um novo círculo de ‘Cidadão do Mundo’, contemplando ainda mais estudantes e com novos destinos de viagens”, afirmou o secretário.

Para o diretor-presidente da Fapema, Alex Oliveira, o ‘Cidadão do Mundo’ é um sucesso que vai para a sua quarta edição completando investimentos em mobilidade acadêmica internacional e abrindo novos horizontes para jovens estudantes de escolas públicas do Maranhão. “Nosso propósito é fazer com que os jovens do Maranhão tenham a possibilidade de ir ao encontro dos seus sonhos e isso ele vai fazer a partir do seu envolvimento, dedicação e trabalho junto a outro país. Quanto você abre a oportunidade de viajar, conhecer outra visão de mundo, outra forma de organização, outra sociedade, outra cultura. Acreditamos que pode voltar o Maranhão com outra visão e aí contribuir de uma maneira diferenciada com a nossa realidade e servir de exemplo para muitos outros jovens”, ressaltou Alex Oliveira.

O estudante do 9º período do curso de arquitetura e urbanismo, Rafael Barbosa, participante da quarta edição do ‘Cidadão do Mundo’ que está indo fazer intercâmbio linguístico de inglês na Cidade do Cabo, África do Sul conta um pouco de sua expectativa para a viagem. “É gratificante porque tem todo um arca bolsou cultural que a gente antes de sair da cidade, do estado ou do país. Esse intercâmbio proporciona não somente este conhecimento linguístico com cultural”, frisou.

 Sobre o apoio da Fapema para a realização do programa, “é muito importante que uma Fundação de Amparo consiga dar suporte a um programa que é tão significativo não somente para o meio acadêmico com para o meio social”, completou Rafael Barbosa.

Segundo o Deputado Bira do Pindaré, o Programa propicia não apenas a formação no segundo idioma que é um propósito importante. “O Programa cultiva sonhos, estimula as pessoas sonharem mais alto e dessa forma a própria desenvoltura dessas pessoas passa a ser completamente diferentes. Tenho certeza que no meio desses jovens têm muitos profissionais despertando, pesquisadores e pessoas que vão seguir uma trajetória muito mais significativa não somente para si, mas para o Estado do Maranhão”, ressaltou.

  Categorias: