CAPES lança edital emergencial para pesquisas sobre óleo derramado no litoral

As inscrições podem ser realizadas até quarta-feira, dia 04 de dezembro

CAPES lança edital emergencial para pesquisas sobre óleo derramado no litoral
novembro 27 15:19 2019

A CAPES lançou uma seleção de projetos de pesquisa para estudar e combater o derramamento de óleo nas praias brasileiras. O Programa CAPES Entre – Mares vai destinar R$ 1.360.000,00 a docentes vinculados a programas de pós-graduação stricto sensu que tenham linhas de pesquisa relacionadas ao problema identificado no litoral em agosto de 2019. O objetivo é contribuir para a contenção, o processamento do resíduo encontrado e a redução de danos ao meio ambiente.

Acesse o Edital de Seleção Emergencial CAPES – Entre Mares por meio do link

Para se inscrever, clique em https://inscricao.capes.gov.br/individual

Por ser uma ação emergencial, o processo de escolha será por meio de Edital de Seleção Emergencial e as propostas devem ser encaminhadas até às 17 horas (horário de Brasília) do dia 04 de dezembro, via plataforma online da CAPES. O resultado final será divulgado a partir de 18/12.

Podem apresentar projetos, professores vinculados a programas de pós-graduação stricto sensu recomendados pela CAPES. As propostas serão analisadas por um comitê formado por representantes da Fundação e da comunidade científica.

Cada proposta aprovada terá o valor de financiamento de até R$ 100 mil, liberados em uma única parcela, e uma cota de bolsa de mestrado. O projeto deverá ser desenvolvido ao longo de dois anos, podendo ser prorrogado para mais 12 meses.

As áreas temáticas prioritárias são avaliação dos impactos ambientais e socioeconômicos, bioremediadores, dispersão do óleo, processamento de resíduos e tecnologia aplicada à contenção do óleo. Serão utilizados como critério de seleção a aderência ao tema, o corpo docente em atividades de colaboração, o cronograma e orçamento propostos, a descrição das atividades e os resultados esperados a curto prazo.

De acordo com Anderson Correia, presidente da CAPES, a iniciativa é um exemplo de como a pós-graduação brasileira pode colaborar para resolver os problemas brasileiros. “Os recursos serão liberados ainda este ano e os resultados imediatos podem ser aplicados no curto prazo”. Ele também reforça a necessidade de outras agências de fomento, estaduais e federais, participarem desta iniciativa.

Redação CCS/CAPES

  Artigo "tagged" as:
  Categorias: