Maranhão é contemplado no edital de apoio ao desenvolvimento da região Semiárida da CAPES

O edital, cujas propostas devem ser submetidas por meio da FAPEMA, tem como público-alvo os Programas de Pós-Graduação do Estado

Maranhão é contemplado no edital de apoio ao desenvolvimento da região Semiárida da CAPES
abril 26 14:39 2021

Os Programas de Pós-Graduação (PPGs) stricto sensu vinculados a Instituições de Ensino Superior do Maranhão estão contemplados no edital lançado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoas de Nível Superior (Capes) e que vai financiar projetos de outros nove estados voltados para a região Semiárida brasileira. Os projetos dos PPGs do Maranhão devem ser apresentados por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA). A submissão de propostas para o edital, que pode ser acessado no endereço https://www.gov.br/capes/pt-br/assuntos/editais-capes/editais-capes, pode ser feita até o dia 20 de maio.

O diretor-presidente da FAPEMA, André Santos, destaca que a chamada pública é importante na formação de recursos humanos e no incentivo de pesquisas que vão impactar de forma positiva no desenvolvimento social, econômico e tecnológico do Semiárido. As propostas devem trabalhar os eixos estratégicos da Agroindústria e Biotecnologia no Semiárido.

As pesquisas financiadas por meio do edital vão contribuir para a redução de assimetrias no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG), a partir do aproveitamento e valorização das vocações e potencialidades identificadas na região Semiárida do país, com a formação de mestres e doutores e realização de pesquisas nos eixos estratégicos indicados no edital.

Também é objetivo da chamada pública ampliar o conhecimento, a produção científica e a adoção de inovações tecnológicas, nos eixos estratégicos, em temas que sejam considerados como prioritários para o desenvolvimento sustentável da região Semiárida.

Espera-se ainda fomentar o desenvolvimento de pesquisas de modo a subsidiar a criação de políticas públicas orientadas à transformação regional, a partir de suas potencialidades e oportunidades; bem como promover a transferência de conhecimentos à sociedade, estimulando interação entre a comunidade acadêmica especializada e os setores organizados da sociedade.

  Categorias: