Parente do peixe-boi é encontrado em Madagáscar

Parente do peixe-boi é encontrado em Madagáscar
dezembro 17 11:59 2009

Cientistas da Universidade de McGill, em Montreal, no Canadá, encontraram um fóssil de uma nova espécie de sirenipeixeboia, uma ordem de mamíferos marinhos e herbívoros, que viveu entre 80 milhões e 90 mil anos atrás. A pesquisa foi realizada na ilha de Madagáscar e, segundo os especialistas, é o primeiro fóssil de mamífero, deste período, encontrado no país africano.

O fóssil do Eotheroides lambondrano – como foi chamado – possui crânio e algumas costelas, com aproximadamente dois metros de comprimento. Foi considerado pigmeu em relação à seus parentes, os dugongos (que medem entre 2,4 e 3 metros de comprimento) e os peixes-boi (dependendo da espécie mede até 4 metros de comprimento), e foi apelidade de sirenia pigmeu.

A cientista e líder dos estudos Karen Samonds afirmou que a descoberta desse animal é muito importante, pois, segundo ela, “há uma enorme lacuna de fósseis desse período”. Além disso, Samonds disse que a sirenia pigmeu é uma ligação entre os mamíferos marinhos primitivos, aos que hoje vivem na Terra.

Outro fato que torna a descoberta da sirenia pigmeu muito importante é que seus parentes mais próximos viveram na região onde hoje fica a Índia e o Egito, no norte da África e sul da Ásia, enquanto Madagáscar fica no sudeste africano.

  Categorias: