Pesquisadores maranhenses recebem homenagem da Fapema em evento on-line

O “Homenageados Prêmio Fapema” substituiu o tradicional Prêmio da Instituição, neste ano, em decorrência da Pandemia COVID-19.

Pesquisadores maranhenses recebem homenagem da Fapema em evento on-line
dezembro 05 14:03 2020

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) realizou nessa sexta, 4, uma cerimônia especial on-line em homenagem aos pesquisadores-vencedores do Prêmio Fapema nas edições de 2005 a 2019. Autoridades nacionais e locais participaram do evento.

O evento inédito teve como propósito incentivar e reconhecer os trabalhos de pesquisadores maranhenses realizados em diferentes áreas, ao longo de 15 anos do Prêmio fomentado pela Instituição. Vinte e quatro pesquisadores foram indicados para receber a homenagem em três categorias: Jovem Pesquisador; Mais Premiados e; Pesquisador Sênior. Os três primeiros mais votados pelo público (em cada categoria) receberam a Homenagem Especial da Fapema. Foram 11.299 votos. Confira os vencedores deste ano:

Categoria Jovem Pesquisador

1° lugar: Mayara Cristina Pinto da Silva (UFMA)

2° lugar: Ricardo Alves de Araújo (UEMA)

3° lugar: Ulisses Magalhães Nascimento (UFMA)

Categoria Pesquisador Sênior

1° lugar: Lívio Martins Costa Júnior (UFMA)

2° lugar: Rosane Nassar Meireles Guerra  (UFMA)

3° lugar: Valério Monteiro Neto (UFMA)

Categoria Mais Premiados

1° lugar: Flávia Raquel Fernandes do Nascimento (UFMA)

2° lugar: Érika Bárbara Abreu Fonseca Thomaz (UFMA)

3° lugar: Victor Elias Mouchrek Filho (UFMA)

De acordo com Presidente da Fapema, André Santos, o dia de hoje foi dedicado aos pesquisadores e pesquisadoras pelo seu trabalho cotidiano voltado para a produção do conhecimento científico e cultural do povo do maranhão, na sua busca incessante pela garantia dos direitos humanos e por mais qualidade de vida para todos nós. “Parabenizo os 24 homenageados, pois eles fazem ciência de verdade, são grandes estrelas da ciência no Maranhão. Foi muito gratificante ver o empenho e entusiasmo de todos com esta homenagem”, sublinhou.

O Presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), Odir Antônio Dellagostin, frisou que eventos como esse são importantes e devem ter continuidade ao longo do tempo. “É através do reconhecimento do trabalho dos pesquisadores que conseguimos colocar a ciência ainda mais em evidência na sociedade. É conhecendo e reconhecendo as pessoas que produzem conhecimento, que desenvolvem tecnologia e promovem inovação que conseguimos mostrar à sociedade a relevância de seus trabalhos para a solução de problemas, para o bem estar social, para o avanço tecnológico, para a melhoria de questões ambientais. De uma forma ou de outra, toda a sociedade acaba recebendo os benefícios de uma pesquisa. Dar nome às pessoas que fazem isso, motiva os que estão iniciando a carreira e os que estão a caminho para se tornar pesquisadores de destaque. Parabéns à FAPEMA”, frisou.

“O pesquisador reconhecido eleva a sua instituição”, enfatizou a Diretora de Cooperação Institucional do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPQ, Maria Zaíra Turchi. Ela disse ainda que esse é o momento de destacar a trajetória de pesquisa e contribuição no desenvolvimento da ciência, pesquisa e inovação. “Para mim foi uma grande oportunidade estar aqui com todos vocês”, apontou.

Segundo o Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação Davi Telles, houve, por parte da Fapema, um senso de oportunidade para homenagear os pesquisadores mesmo diante do cenário que estamos vivendo. “Mesmo em um contexto de tanto apedrejamento à ciência, justamente pelas mãos daqueles que jamais poderiam apedrejá-la, vocês tiveram a ousadia de premiar os pesquisadores mais premiados da história da Fapema. É dessa maneira que o Governo do Maranhão, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e a Fapema, homenageando os pesquisadores, apontam que o futuro no Maranhão – e desejamos também que no Brasil – é escrito com ciência, arte, responsabilidade, conhecimento, senso de humanidade, senso de desenvolvimento humano e proteção ambiental. Isso só é possível com o apoio sério, continuado e bem planejado do sistema de ciência, tecnologia e inovação. Parabéns a todos os homenageados. Desejo que nesse momento possamos nos congraçar. Parabéns e vida longa à FAPEMA , à ciência e aos pesquisadores do estado”, finalizou.

Também estiveram presentes no eventos as autoridades: Gustavo Pereira da Costa, Reitor da Universidade Estadual do Maranhão; Elizabeth Nunes Fernandes, Reitora da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão; Marcos Fábio Belo Matos, vice-reitor da Universidade Federal do Maranhão, representando o Reitor Natalino Salgado; Rogério Mesquita Teles, pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, representando o Reitor Carlos César Teixeira Ferreira; Maria Cláudia Gonçalves, Pró-reitora de Iniciação Científica da Universidade Ceuma, representando a Reitora Cristina Nitz da Cruz;  Mauricio Oliveira Brandão Ferreira, Diretor Administrativo Financeiro da Fapema; João Batista Bottentuit Júnior, Diretor Científico da Fapema; e Kiany Sirley Brandão Cavalcante, Assesora de Planejamento da Fapema.

Os intérpretes de libras do evento foram: Laís Tinoco e Anderson Pereira.

Confira aqui o resumo do Currículo Lattes dos primeiros colocados de cada categoria:

1º Lugar na categoria Jovem Pesquisador – Mayara Cristina Pinto da Silva

Possui graduação em Farmácia com habilitação em Análises Clínicas pela Universidade Federal do Maranhão-UFMA (2010). Durante a graduação foi bolsista PIBIC/CNPq. Fez mestrado e doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde-UFMA, sob orientação da Profa. Dra. Rosane Nassar Meireles Guerra, tendo sido bolsista CNPQ durante o mestrado. Obteve o título de doutora em 2017. Atualmente é professora Adjunto Classe C -UFMA-CAMPUS DE PINHEIRO.

“O sentimento é de gratidão pelo reconhecimento, prestígio e concessão de um momento de felicidade diante de um cenário tão difícil que estamos vivendo. Hoje não fazemos pesquisa sozinhos”, ratificou Mayara Silva.

1º Lugar na categoria Pesquisador Sênior – Lívio Martins Costa Junior

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Maranhão (2001), mestrado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003), doutorado Sanduiche na Universidade de Munique (Ludwig-Maximilians), Alemanha (2005), Doutorado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007), Pós doutorado no USDA, Estados Unidos (2014) e no Roslyn Institute da Universidade de Edinburgh, Escócia (2019). Atualmente é Professor Associado do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Federal do Maranhão.

“Tiramos tempo de nossa família para nos dedicar à pesquisa e ao desenvolvimento científico. Nos doamos e tiramos um tempo valioso para a pesquisa. Por isso, agradeço a toda a minha família. Esse momento é um momento de retorno e reconhecimento desse esforço”, disse Lívio Costa Junior.

1ºLugar na Categoria Mais Premiados  – Flávia Raquel Fernandes do Nascimento

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Maranhão (1992). Durante a graduação foi bolsista PET/CAPES. Fez especialização em Imunologia, com bolsa do CNPq. Fez mestrado e doutorado em Imunologia pela Universidade de São Paulo, sob orientação do Prof. Dr. Momtchilo Russo, com bolsa da CAPES e FAPESP, respectivamente. Obteve o título de doutora em 2001. Foi bolsista recém-doutora do CNPq de 2001 até 2003. Atualmente é Professora Titular do Departamento de Patologia da UFMA.

“Nenhum de nós estaria aqui se não tivesse o amor por formar pessoas”, destacou Flávia Nascimento.

Homenagem em substituição ao Prêmio FAPEMA

A FAPEMA realiza há 15 anos, sempre ao final do ano, o Prêmio FAPEMA. A noite da premiação, considerada o Oscar da Ciência Maranhense, reúne professores, pesquisadores, reitores, pró-reitores e representantes da sociedade em uma grande celebração.

O diretor-presidente da FAPEMA, André Santos, destacou que o evento desse ano foi uma forma da instituição manter a homenagem aos pesquisadores em um ano em que todos precisaram buscar novas alternativas para se manterem unidos.

“Vivemos um ano que tivermos que nos reinventar. Um ano onde não podemos nos reunir de forma presencial, mas nem por isso devemos deixar de homenagear os pesquisadores maranhenses. Neste ano, mais do que nunca, vimos a importância da ciência, o quanto ela é fundamental no enfretamento de crises com a que estamos vivendo agora na área da saúde e em tantas outras áreas. A FAPEMA, seguindo orientação do governador Flávio Dino, tem atuado no sentido de fomentar e incentivar os pesquisadores do estado por meio de editais. E esta homenagem é uma forma de dizermos muito obrigado pelo trabalho e desempenho de cada um e que o governo vai continuar apoiando e incentivado a pesquisa no Maranhão”, disse o presidente.

Clique aqui e confira o Homenageados Prêmio Fapema na íntegra

Lançamento da Revista Inovação

Durante a cerimônia, houve o lançamento da Revista Inovação da Fapema, que foi totalmente renovada e, atendendo às necessidades do mundo contemporâneo, em consonância com a agenda ambiental e as contigências impostas- pela pandemia da covid 19, a atual edição é totalmente digital, em formato html, com o conceito de convergência de mídias.

Hipertexto, hiperlinks, imagens, áudio e vídeo narram, do ponto de vista jornalístico, o trabalho e os resultados das pesquisas desenvolvidas pelos cientistas vencedores do prêmio Fapema 2019 Terezinha Rego.

Acesse aqui a Revista Inovação nº 40

Por: Walline Alves

  Categorias: