Plano de Trabalho 2020 da FAPEMA é apresentado pelo diretor-presidente da instituição

 Plano de Trabalho 2020 da FAPEMA é apresentado pelo diretor-presidente da instituição
abril 15 12:16 2020

Durante live no Instagram da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), na terça-feira (14), o diretor-presidente da Fundação, André Santos, falou sobre o Plano de Trabalho 2020 da instituição, que já está disponível para download no endereço www.fapema.br. Na conversa de quase uma hora com pesquisadores, professores, estudantes e a comunidade em geral, André Santos explicou que por conta do momento em que se vive, em razão da pandemia do Covid-19, algumas editais, que haviam sido planejados para serem lançados no início deste ano, tiveram que ser adiados, a exemplo dos editais Cidadão do Mundo e Professor Cidadão do Mundo – este inédito.

O diretor-presidente deixou claro, no entanto, que o Governo do Estado continuará financiando os projetos possíveis de serem executados neste momento, por entender a importância da pesquisa para o Maranhão. “Por conta da paralisação das atividades das instituições de ensino e em razão do isolamento social, necessário neste momento, muitos projetos estão inviabilizados, mas aqueles que forem exequíveis terão continuidade”, observou. Ele lembrou, ainda, que uma das medidas já adotadas pela FAPEMA foi a prorrogação, pelo prazo de 90 (noventa) dias, da vigência de todos os termos de outorga de auxílios concedidos pela FAPEMA, bem como dos prazos limites para entrega das prestações de contas. As prorrogações serão feitas automaticamente nos processos, não sendo necessário nenhum procedimento por parte dos pesquisadores e bolsistas. Este prazo, no entanto, não se aplica aos casos em que o prazo de entrega da prestação de contas estiver esgotado ou se já houver sido instaurada tomada de contas especial.

André Santos explicou que, pela impossibilidade do lançamento presencial do plano de trabalho neste momento, a diretoria optou por apresentá-lo durante a live e disponibilizá-lo para download no site da Fundação. Também será divulgado um vídeo nas redes sociais em que o diretor-presidente destaca os principais pontos do plano.

“A proposta é mostrar o que estava planejado para 2020, em relação aos editais da FAPEMA, o plano de trabalho e, por conta do Covid-19, o que será possível executar e o que deverá ser readaptado. Não estamos lançando o plano, mas dando explicações aos pesquisadores, à comunidade cientifica e à sociedade para que todos que têm projetos, e esperam o financiamento da FAPEMA, possam já pensar naquilo que eles pode concorrer este ano e, caso necessário, tenham tempo de readaptar seus projetos”, disse André Santos.

Ele explicou que, seguindo orientação do decreto do governador Flávio Dino, que tem como objetivo resguardar a saúde dos servidores e da população, foi adotado na FAPEMA, a exemplo de outras secretarias, o sistema de teletrabalho. Desta forma, toda a equipe da Fundação está realizando suas atividades de forma remota e atendendo as demandas dos pesquisadores via e–mail, sistema Patronage, por telefone, ligando para o pesquisador, quando necessário, e por meio das redes sociais. Os endereços de e–mail, por setor – bolsas, auxílios, prestação de conta, gabinete – podem ser encontrados no site na Fundação.

PLANO DE TRABALHO

O Plano de Trabalho 2020 da Fundação “Inovação e Investigação Científica para todo o Maranhão” foi elaborado a partir de quatro linhas de ação principais, integradas e articuladas entre si: Mais Ciência, Mais Inovação, Mais Qualificação e Popularização da Ciência. Cada uma é composta por programas e editais que permitem o acesso da comunidade científica a recursos que estão ligados a interesses estratégicos do Estado.

Em atendimento às demandas e anseios da comunidade científica maranhenses, foram priorizados editais essenciais às pesquisas básicas e aplicadas para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado e à qualificação de pesquisadores maranhenses. Visando fortalecer o trabalho, a FAPEMA fechou para este ano novas parcerias, por exemplo com secretarias de Estado que visam intensificar a articulação da comunidade científica junto às instâncias de Governo, implementando ações conjuntas que subsidiam a formulação e orientação de Políticas Públicas.

Algumas chamadas públicas, como explicou o diretor-presidente da FAPEMA, tiveram suas datas de lançamento postergadas em razão do momento de pandemia. “O edital Cidadão do Mundo, um edital clássico da Fundação onde alunos da rede pública vão para o exterior fazer estágio internacional, neste momento de pandemia terá que ser revisto. Do mesmo modo, temos o edital Professor Cidadão do Mundo – um edital inédito, que visa capacitar professores, em Portugal e na Finlândia, em novas tecnologias para atuação em sala de aula”, pontuou André Santos.

O diretor-presidente destacou, no entanto, que editais como Centelha – com inscrição até o dia 24 de abril – e o Economia Criativa, que promovem o empreendedorismo e a inovação e têm como público-alvo microempreendedores individuais, micro empresas e empresas maranhenses de pequeno porte, já foram lançados e estão em fase de finalização.

Também estão com inscrições abertas no site da Fundação, até sexta-feira, 17, os editais nº 03/2020 – Gestão de Recursos Hídricos do Maranhão e nº 04/2020 – Segurança Pública. Os editais foram lançados em conjunto, respectivamente, com as secretarias de Estado de Meio Ambiente (SEMA) e de Segurança Pública (SSP).

  Categorias: