Preservação Ambiental e Planejamento Urbano das Cidades é tema do Prêmio Fapema 2010

Preservação Ambiental e Planejamento Urbano das Cidades é tema do Prêmio Fapema 2010
maio 03 20:16 2010

premiofapema2010Após votação aberta no Portal Fapema, os usuários do site da Fundação elegeram o tema do Prêmio Fapema 2010: “Preservação Ambiental e Planejamento Urbano das Cidades”. Foram 538 votos, e destes, o tema vencedor obteve 424, aproximadamente 80% dos votos. Em seguida, “Base de Alcântara e Tecnologia Aeroespacial – Maranhão no século XXI”, teve 42 votos; “Inovação nas empresas – Cooperação entre academia e setor produtivo como estratégia de desenvolvimento”, obteve 37 votos;  e “Aquecimento Global e Mudanças Climáticas – Reflexos no Maranhão”, figurou com 26 votos.

 “A expressiva votação deste tema mostra a preocupação da sociedade com o contexto urbano-metropoliano e com a necessidade de um planejamento urbano sustentável nas cidades brasileiras, sobretudo, em São Luís”, avaliou Rosane Nassar Meireles Guerra, diretora-presidente da Fapema. “A criação e a manutenção de reservas no Estado do Maranhão é outro ponto que precisa ser levado seriamente em consideração quando se fala em desenvolvimento das cidades”, completou Rosane Guerra.

Segundo a presidente, com a escolha do tema, os próximos passos serão a promoção de atividades que visem fomentar a ampla discussão deste assunto na sociedade civil, como a realização de uma edição especial do projeto “Colóquios Fapema”; e ainda, o lançamento oficial da premiação, previsto para acontecer até o início de junho.

Realizado desde 2005, o Prêmio Fapema é a maior premiação científica do Norte/Nordeste. O evento reconhece o talento dos pesquisadores locais e estimula a divulgação científica e tecnológica no Maranhão.

Planejamento urbano ganha toques ”verdes” O Brasil entrou firme na tendência das construções verdes. Nos últimos anos houve um crescimento expressivo no número de empreendimentos que adotam princípios de sustentabilidade, como reúso de água e eficiência energética. Atualmente, existem 123 projetos na fila para receber o selo Leed (sigla em inglês para Liderança em Energia e Design Ambiental), concedido a projetos que se encaixam nesse perfil. Há dois anos, não passavam de 20.

Agora, a tendência das construções ecológicas está extrapolando os empreendimentos isolados e chegando ao planejamento urbanístico. O Brasil acaba de aderir ao movimento Transition Towns, ou Cidades da Transição, uma rede de mais de 2 mil cidades que pretende criar soluções de planejamento urbano com foco em sustentabilidade.

  Categorias: