Projeto educativo busca preservação da Reserva Extrativista Chapada Limpa

Projeto educativo busca preservação da Reserva Extrativista Chapada Limpa
junho 27 12:51 2013

P4012333

A incorporação da Educação Ambiental aos programas de conservação em áreas protegidas é muito importante, pois permite sensibilizar as pessoas para uma mudança de atitude em relação à biodiversidade. Trata-se de uma ação educativa baseada no envolvimento da comunidade, que passa a ser uma aliada no trabalho de preservação do meio ambiente.

Na região do baixo Parnaíba, especialmente no município de Chapadinha-MA, esse trabalho vem sendo realizado pela professora Andrea Cantanhede, do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Federal do Maranhão (CCAA/UFMA), que desde 2008 desenvolve o projeto “Pesquisa, educação e envolvimento comunitário: uma estratégia para conservação dos recursos naturais na RESEX Chapada Limpa”.

A pesquisa, que recebe o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA, tem como objetivo fazer um diagnóstico sobre a percepção da comunidade escolar em relação à Reserva Extrativista Chapada Limpa e, ao mesmo tempo, desenvolver atividades prático-educativas para fins da conservação dos recursos naturais presentes na Unidade.

De acordo com a professora Andrea Cantanhede, a relação estabelecida entre a população local e as unidades de conservação caracteriza-se em geral pela falta de consciência sobre a importância das áreas protegidas, ausência de apoio público na sua criação e manutenção e nenhuma participação pública na administração e manejo dos recursos naturais. “Procuramos envolver as comunidades extrativistas, as populações do entorno e as escolas públicas de Chapadinha nesse trabalho, pois a Reserva é fundamental para a vida dessas pessoas”, esclarece a pesquisadora.

A Reserva Extrativista Chapada Limpa é uma Unidade de Conservação Federal considerada na categoria de uso sustentável e a primeira unidade da categoria a ser criada em área de Cerrado. Localizada a 35 km da sede do município de Chapadinha-MA, a criação da reserva deu-se por iniciativa das comunidades tradicionais que utilizam de forma extrativista o babaçu, bacuri, bacaba, pequi e carnaúba, como forma de proteger os meios de vida e garantir a utilização e a conservação dos recursos naturais usados pela comunidade.

“A reserva Chapada Limpa se situa numa das fronteiras da monocultura da soja no Estado, o que, por um lado, tem impulsionado a economia, mas por outro lado pode causar danos sociais e ambientais irreparáveis a essas populações”, alerta a professora.

As atividades do projeto “Pesquisa, educação e envolvimento comunitário: uma estratégia para conservação dos recursos naturais na RESEX Chapada Limpa” iniciaram em fevereiro de 2013, contam com o apoio da FAPEMA e do gestor da Unidade, o biólogo Thiago Ferreira do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Além da professora Andrea e de Thiago Ferreira, também participam da pesquisa o biólogo Hádamo Andrade, da comunidade tradicional residente na reserva, gestores e professores de 6 escolas da rede de educação básica da cidade de Chapadinha e discentes bolsistas e voluntários do cursos de Ciências biológicas e Agronomia do CCAA/ UFMA.

  Categorias: