Representantes acadêmicos participam de reunião para revisão do estatuto da FAPEMA

Representantes acadêmicos participam de reunião para revisão do estatuto da FAPEMA
janeiro 29 12:17 2015

DSC 0968O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA, Alex Oliveira de Souza, coordenou a reunião de revisão do estatuto e regimento da Fundação, realizada no auditório da sede da Fapema, na tarde da quarta, 28.

“Nós estamos iniciando um processo de ouvir nossas parceiras, que são as Instituições de Ensino Superior do Maranhão, por isso convidamos todas as universidades púbicas e privada, o Instituto Estadual de Educação e o representante da Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência. Nosso objetivo é discutir o funcionamento da Fapema, e como nós podemos reestruturar a Fundação de forma a contemplar e atender de maneira mais eficaz a pesquisa e o desenvolvimento científico do Maranhão”, declarou o presidente da Fapema, Alex Oliveira.

Durante a reunião, o presidente ressaltou a determinação do governador, Flávio Dino, para que a nova atuação esteja voltada e contribua para o desenvolvimento do estado. “A ideia é que nós precisamos construir essas mudanças de maneira horizontal, ouvindo todos e de forma que todos possam dar sua melhor contribuição para o que almejamos para o nosso estado. Lembrando sempre que nosso maior objetivo é mudar os indicadores sociais do Maranhão”, observou.

A reunião contou com a presença do Vice-Reitor da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Antonio José Silva Oliveira; Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMA, Fernando Carvalho; Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, Marcelo Cheche; Pró-Reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA, Natilene Mesquista Brito; Diretor do Instituto Estadual de Educação Profissional – IEMA, Francisco Alberto Gonçalves Filho; Secretário Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) no Maranhão, Luiz Alves Ferreira; e ainda da Diretora Científica da Fapema, Silvane Magali Nascimento, e da Assessora Jurídica e do Assessor de Planejamento , Laís de Oliveira Araújo e Paulo Vasconcelos, respectivamente.

DSC 0985

A Fapema foi instituída pela Lei Complementar nº 060, de 31 de janeiro de 2003, com a finalidade de promover o desenvolvimento científico e tecnológico por meio do apoio ao ensino, pesquisa e extensão. Na ocasião, cada item do estatuto foi lido e discutido, com maior destaque para as questões relativas à composição do Conselho Administrativo e da diretoria científica, que foram minuciosamente analisadas.

Para o Vice-Reitor da UFMA, Antonio Oliveira, a revisão do regulamento é um avanço do novo governo. “Estamos sentando de forma democrática para fazermos um estatuto que coloque a Fapema de forma igualitária com outras fundações do Brasil como a Fapesp, Fapemig e outras. E dessa forma a Fapema fica dentro do contexto legal e de pé de igualdades com outras fundações do país”, observou.

A Pró-Reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFMA, Natilene Brito, elogiou a iniciativa do presidente em trazer todas as instituições para a discussão do arcabouço jurídico. Segundo ela, desde o ano em que a Fapema foi instituída, houve muitas mudanças nas próprias instituições de ensino, que passaram a incorporar novas demandas. Ela destacou o objetivo da Fundação que é de fomentar, desenvolver e dar apoio as instituições para que possam trabalhar com a pesquisa, extensão e a inovação hoje em dia.

“Muito importante rever o regimento interno da fundação. Isso mostra que a nova gestão está com o olhar voltado para as instituições com que vai trabalhar, portanto estão ouvindo nossas demandas e expectativas, e a gente tem certeza que serão alcançadas nessa nova gestão com esse diálogo constante”, afirmou.

No mesmo tom, o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UEMA, Marcelo Cheche, evidenciou a pauta da reunião. “Faz parte do esforço do novo presidente da Fapema, o de rediscutir o arcabouço legal da instituição para que a partir daí, nós possamos avançar nas medidas e nas mudanças com mais segurança”, concluiu.

Uma nova reunião deverá ser realizada para que os participantes apresentem suas propostas e observações e que, de forma democrática, contribuam para a reformulação do novo estatuto e regimento da Fapema.

 

  Categorias: