SEMA apresenta materias reciclados na SNCT

SEMA apresenta materias reciclados na SNCT
outubro 17 19:52 2012

 

meio_ambiente“Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza” é o tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2012 que está sendo realizada de 15 a 20 de outubro, das 9h as 20h, na área externa do São Luís Shopping (Av. Prof. Carlos Cunha, 1000, Jaracati). Em consonância com o tema do evento, inspirado nas discussões da Rio +20,  a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) montou um estande com diversos elementos reciclados. Entre eles: uma estante feita com caixotes de frutas, suportes para arranjos de plantas, pneus usados que foram transformados em alegres suportes para arranjos florais e vasinhos de plantas com embalagens (longa vida) de suco e leite.

A ornamentação do estande teve um charme a mais: foi toda natural. Foram usados galhos de buriti e arranjos feitos com helicônias, a partir de uma parceria entre Sema e Quixaba Plantas. As helicônias são plantas pertencentes à família Heliconiaceae, gênero Heliconia. Possuem origem neotropical e aparecem, naturalmente, em clareiras, bordas de florestas e matas ciliares, na América Central e América do Sul. No Maranhão, principalmente, em São Luís, essa espécie de planta já é cultivada para ser usada como flor de corte. O que evita que ela seja colhida do ambiente nativo degradando a natureza.

 No stand da Sema os visitantes também recebem informações sobre ações e projetos importantes desenvolvidos pelo órgão ambiental estadual nas áreas de Educação Ambiental e Recursos Hídricos, como por exemplo, a importância da criação dos Comitês de Bacias Hidrográficas, entre outros. Ainda podem conferir dicas de “Limpeza Verde”, aquela na qual são utilizados produtos como limão, vinagre e bicabornato de sódio. No stand também é possível ver alguns exemplares do biocopo (produzido à base de milho e 100% biodegradável) trazidos da Rio +20.

 No que diz respeito à mobilização de crianças e jovens, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia (C&T), valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação, a Sema realizou hoje, terca-feira, 16 de outubro, pela manhã, a “Oficina de Reaproveitamento de Garrafas Pet”, em parceria com o Instituto Germinar.

 A Sema, também, participa da programação da Semana de Ciência e Tecnologia por meio da realização de quatro palestras. São elas: “Diálogos sobre Educação Ambiental no Maranhão: cenários, desafios e perspectivas” (Auditório III-Palestrante: Eliane Oliveira de Abreu Alhadef / SEMA), “Bacias Hidrográficas Maranhenses” (Auditório III- Palestrantes: Andrea Leite e Raissa Azulay), “Mobilização para criação de Comitês de Bacia Hidrográfica no Maranhão” (Auditório III-Palestrante: Raissa Azulay (SEMA) e “OSM – Olhos Sobre O Maranhão – o uso do aplicativo OSM para a fiscalização ambiental” (Auditório III-Palestrante: Marcos Mesquita (SEMA).

A expectativa da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec) e da Fundação de Amparo a Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) é de que 20 mil pessoas participem do evento. No ano passado o Maranhão foi o segundo estado do Nordeste com maio número de atividades inscritas durante a semana. A meta em 2012 é alcançar o primeiro lugar no número de projetos voltados para o setor de ciência e tecnologia em todo o nordeste.

No primeiro dia de funcionamento da Semana, estande da Sema recebeu dezenas de visitantes. Entre donas de casa, professores, estudantes e pesquisadores. Entre as autoridades, as secretárias de Estado de Ciência e Tecnologia, do Maranhão, Rosane Guerra, e a de Cultura, Olga Simão.A SNCT no Maranhão está sendo organizada pelo governo do Estado por meio Sectec e Fapema com apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), além das Secretarias Estaduais de Segurança Pública (SSP), Educação (Seduc), Cultura (Secma), Trabalho e Economia Solidária (Setres), Turismo (Sema) e Igualdade Racial (Seir), o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), além de instituições de ensino superior, empresas públicas e privadas e instituições da sociedade civil.
  Categorias: