Qualidade da experiência do visitante do Parque dos Lençóis é objeto de pesquisa

Qualidade da experiência do visitante do Parque dos Lençóis é objeto de pesquisa
janeiro 28 16:50 2015

1-LençoisMAO perfil e as experiências vivenciadas pelos visitantes do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses são objetos de estudo da pesquisa coordenada pela professora doutora, Rosélis de Jesus Barbosa Câmara, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

A pesquisa, que está em fase de conclusão e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) por meio do edital Universal, deve ajudar gestores no manejo dos impactos decorrentes da visitação.

“Muitos estudos têm se dedicado a mensurar as consequências do aumento de visitação pública na integridade dos ecossistemas naturais. Entretanto, as experiências do visitante no local não têm sido objeto de estudos desenvolvidos nesta unidade de conservação. A partir desta constatação a pesquisa tem como objetivo contribuir com o entendimento das relações que se estabelecem entre visitantes e o Parque dos Lençóis visando melhorar o manejo do uso público nessa área protegida e investigar a qualidade da experiência do visitante no Parque”, conta a pesquisadora.

O trabalho de campo, segundo Rosélis, foi realizado junto aos visitantes do local em um dos portões de entrada do Parque, localizado no município de Barreirinhas – MA, mais especificamente no local de saída e atracação das balsas – Balsa do Cruzeiro – que desloca veículos e visitantes de uma margem a outra do rio Preguiças em direção ao parque.

Para a pesquisa foram selecionados indicadores que demonstrem os aspectos relevantes do Parque dos Lençóis, como a motivação, a expectativa e a experiência do visitante em áreas naturais, a percepção do visitante sobre lotação; número de grupos que frequentam o local encontrados nos atrativos; número de veículos em uma área de visitação ao mesmo tempo; tempo de espera de uma balsa para travessia do rio Preguiça para chegar ao Parque, também o retorno do atrativo.
1 Lencois Maranhenses 3
“Ficou constatado que a natureza da experiência vivenciada pelos entrevistados está em contemplar a beleza do Parque e na busca de aventura. E em relação aos fatores que influenciam a experiência do visitante, podem ser definidas por suas motivações, expectativas, informações sobre o local, o comportamento de outros visitantes e o seu nível de experiência”, aponta a pesquisadora.

Entre as principais motivações que levam os visitantes ao Parque dos Lençóis Maranhenses estão a curiosidade de conhecer o local, a beleza do lugar por ser único, e a oportunidade apresentá-lo a parentes ou amigos.

Rosélis destaca que a maioria dos entrevistados estava no local pela primeira vez, e quanto àqueles que estavam retornando, decidiram voltar por terem gostado do local e também para apresentá-lo a familiares e amigos.

SOBRE O PARQUE

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, localizado no litoral oriental do estado do Maranhão, ocupa uma área de 155 mil hectares de paisagem deslumbrante, cheio de altas dunas com até 40 metros de altura e lagoas de água doce, cujas águas variam entre os tons de verde e azul.

A área abriga ecossistemas diversos e frágeis, como a restinga, o manguezal e um campo de dunas que ocupa 2/3 da área total da unidade, sendo este o principal atrativo do Parque Nacional devido a beleza das lagoas inter-dunas que se formam no período chuvoso da região.

No local, os visitantes vivem experiências únicas como caminhar sobre as areias brancas do maior campo de dunas do Brasil, se refrescar em lagoas de água cristalina e observar o pôr-do-sol.

Aqueles que preferem caminhadas longas e interação com as comunidades tradicionais podem ainda se aventurar a atravessar o campo de dunas e ter a experiência de pernoitar nos oásis do “deserto brasileiro”.

  Categorias: