Aberta Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão

Aberta Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão
outubro 16 13:43 2012

Abertura_snct2012São Luis se transforma durante uma semana em uma cidade da ciência, onde o conhecimento científico, tecnológico e de inovação produzido no Estado estarão disponíveis ao público em geral. Esta é a proposta da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia-SNCT, aberta na noite de segunda-feira (15) na área externa do São Luís Shopping. A solenidade de abertura foi presidida pela Secretária de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior-Sectec, Rosane Nassar Meireles Guerra, que na ocasião representou a governadora Roseana Sarney, e pelo presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão FAPEMA, Antonio Luiz Amaral Pereira.

“Queremos com Semana popularizar e difundir a ciência e esse espaço é rico de conhecimento. Estamos satisfeitos com mais essa edição e esperamos um público maior que do ano passado”, declarou Antonio Luiz Pereira, presidente da FAPEMA. Esta edição a SNCT tem como tema “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza” e as atividades que serão apresentadas são aquelas que promovam e estimulem a difusão e apropriação social de conhecimentos científicos e tecnológicos relacionados ao tema.

No Maranhão já são 1.210 atividades inscritas, o que coloca o estado no primeiro lugar da Região Nordeste e o quinto lugar em todo o país.“Até o presente momento o Maranhão lidera o nordeste em números de atividades inscritas e o ocupa o quinto lugar no país, uma demonstração clara da política de governo em estimular as atividades de inovação e pesquisa”, declarou Rosane Guerra.

A SNCT tem como principal objetivo mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia (C&T), valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação. A proposta da Semana é mostrar a importância da C&T para a vida de cada um e para o desenvolvimento do país.

Uma proposta já absorvida pela jovem estudante Lídia Dayse Costa, 14 anos, que estava encantado com tantas informações. ”Eu estou conhecendo o que as universidades fazem e ainda tem mais stands para eu visitar”, confessou.

A SNCT é promovido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e coordenada no Maranhão pelo Governo do Estado por meio da Sectec e FAPEMA e acontece paralelamente em todo o país. Reitores e pró-reitores, pesquisadores, secretários de estado, estudantes e sociedade civil em geral participaram do evento que contou com apresentação da Banda da Polícia Militar do Maranhão.

Participaram da abertura o reitor da UFMA, Natalino Salgado; reitor da UEMA, José Augusto Oliveira; Reitor do Ceuma, Marcos Barros; reitor do IFMA, Pró-reitor da UEMA, Porfírio Guerra, Francisco Roberto Brandão;vice reitor da UFMA, José Antonio Oliveira; secretário adjunto de desenvolvimento e articulação institucional da Secretaria de Segurança Pública, José Roberto dos Santos Silva e mais secretários de estado, Olga Simão ( cultura), José Antonio Heluy (Trabalho e economia solidária), Luisa Oliveira ( Direitos Humanos), Claudete Ribeiro ( Igualdade racial), coronel José Ribamar Vieira (Gabinete Militar) professores, estudantes e convidados.

Cidade da ciência – Uma cidade foi montada em um espaço de três mil metros quadrados com stands, auditórios, espaço tecnológico com mesas interativas, grafite digital e aquário virtual; espaço para apresentação de pôsteres, apresentações culturais e atração mais procurada pelo público infantil, o planetário.

A Semana conta com apoio de várias instituições de ensino superior CEUMA, UEMA, UFMA, IFMA , Cest, Instituto Florence, Pitagóras, CLA, Eletronorte, Cemar, SEBRAE,SENAC,SENAI, Vale, Corpo de Bombeiros e secretarias de estado com a de Segurança Pública, Educação, Cultura, Meio Ambiente, Trabalho e Igualdade Racial.

Parceiros que reconhecem o valor da SNCT como o reitor da UFMA, Natalino Salgado. “È muito importante não só para professores e pesquisadores, mas também para toda a sociedade porque aqui são apresentados trabalhos desenvolvidos em todas as instituições de ensino superior e um local onde se discute um tema pertinente que é a sustentabilidade”,observou.

Outro elogio a iniciativa foi do coordenador dos laboratórios da Rede Pitágoras, Moacyr Pegado, parceiro do evento de outras edições. “Aqui temos oportunidade de trazer os estudos realizados dentro das universidades e mostrá-los”, avaliou.

Estão envolvidos no evento em todo o Maranhão 28 municípios, um número comemorado pelo presidente da Fapema, Antonio Luiz Amaral. “Estamos seguindo as diretrizes da Fapema de trabalhar o crescimento científico e divulgando a inovação, ciência e tecnologia”,disse.

O evento, que é aberto ao público, acontece até sábado,20. O horário de funcionamento é das 9h às 20h. No final da tarde os visitantes do evento são presenteados com uma programação cultural variada que inclui grupos de chorinho, bumba-meu-boi, teatro , tambor de crioula e shows de artistas maranhenses, resultado de parceria entre a Secretaria de Ciência e Tecnologia e Secretaria da Cultura.

  Categorias: