Acordo de cooperação entre FAPEMA e Capes garante ampliação de bolsas de mestrado e doutorado

Acordo de cooperação entre FAPEMA e Capes garante ampliação de bolsas de mestrado e doutorado
maio 26 20:04 2014

inovaçaoUm acordo de cooperação técnica firmado entre a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior (Capes) vai financiar até 200 novas quotas de bolsas de mestrado para cursos de pós-graduação do Maranhão e 80 bolsas de doutorado.As bolsas serão concedidas por meio de editais da FAPEMA que serão disponibilizados ainda este ano.

O convênio, que soma recursos no valor de R$ 31,2 milhões, será aplicado também em apoio a projetos DINTER (Programas de Doutorado Interinstitucional), bolsas de Pós-doutorado, professor Visitante Sênior, estímulo a Excelência e Cooperação Acadêmica, formação e complementação do edital Pro-Equipamentos Institucional da Capes.

As bolsas de mestrado serão ofertadas em três chamadas a partir deste ano. Caberá a Capes o pagamento de 160 bolsas, por 24 meses, com aporte de recursos estimado em até R$ 5,7 milhões. Caberá à FAPEMA o pagamento de 40 bolsas, também por 24 meses, que somam R$ 1,440 milhão. Os bolsistas serão selecionados por meio de edital FAPEMA. Para bolsas de doutorado a Capes concederá recursos no valor de R$ 6,336 milhões e a FAPEMA R$ 2,112 milhões.

Por meio do convênio a Capes disponibilizará 20 quotas de bolsas novas de Pós-doutorado para atividades de pesquisa junto a pós-graduação do estado. As solicitações pelos programas de pós-graduação serão recebidas pela FAPEMA em resposta a um edital elaborado pela fundação com a chancela da Capes.

Com o acordo, as instituições buscam explorar sinergicamente os programas e instrumentos já instituídos pelas duas agências de fomento para promover ações de qualificação docente, de atração e fixação de novos pesquisadores, de criação de novos cursos de pós-graduação, de estimulo à cooperação acadêmica e de ampliação da infraestrutura de pesquisa. 

Esse investimento nos programas de pós-graduação Stricto sensu tem como objetivo o fortalecimento das bases cientificas, tecnologia e de inovação do Estado; a formação de docentes para todos os níveis de ensino e a formação de quadros para o mercados não acadêmicos.

  Categorias: