Barco Estandarte e carro do Corpo de Bombeiros encantam crianças e jovens na SNCT 2011

Barco Estandarte e carro do Corpo de Bombeiros encantam crianças e jovens na SNCT 2011
outubro 20 18:45 2011

Estandarte_3

As gigantescas velas coloridas, 13 metros de comprimento, seis toneladas e o título de uma das 20 mais bonitas embarcações do país em revista do segmento fazem o Barco Estandarte chamar atenção de quem visita a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia realizada na área externa do São Luis Shopping, que acontece até sábado (22).

O barco de pesca a vela com mais de 60 anos foi totalmente recuperado pelo Centro Vocacional Tecnológico (CVT) Estaleiro Escola e hoje agrega mais uma missão além de navegar na costa maranhense, a de levar informação aos visitantes sobre atividades navais.

Depois de reformado, o barco costeiro está climatizado e possui mini-auditório com capacidade para 25 pessoas, que lá dentro conhecem todo o processo de fabricação do barco, através de mangueiras com néon que vão acendendo luzes com cores de diferentes a cada etapa da construção, de acordo com as explicações do mestre Sebastião, um simpático anfitrião do Estandarte.

A bordo, os tripulantes ainda desfrutam da sensação de estarem em mar aberto, isso porque  um vídeo demonstra mais sobre as embarcações, com som e movimento típicos do mar e uma travessia ao município de Alcântara é possível ser feita durante a viagem.

Estudantes observaram de perto o trabalho e experiência dos pescadores e mestres do mar. Um momento de emoção para a aluna Josielma Santos, do Centro de Dayse Galvão, da Vila Embratel. “Estou emocionada com a arte dessas pessoas que sem ajuda da tecnologia conseguem até hoje fabricar um barco tão lindo com esse, usado no século passado e que até hoje navega”, declarou a estudante.

Estandarte_1

Os elogios são motivo de orgulho para o mestre Sebastião, que desde os 12 anos acompanhava o pai nas navegações. “Eu me sinto feliz em poder repassar para esses jovens um pouco de conhecimento e respeito a tradição”, disse.

O diretor do Estaleiro Escola, Phellipe Andrès, explanou aos estudantes a produção artesanal da embarcação e a experiência dos pescadores no mar. “É importante que essa tradição e o respeito a esses profissionais sejam repassados para novas gerações”, destacou Andrés.

Para a presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), Rosane Guerra, a iniciativa do Estandarte tem grande valor por agregar o desenvolvimento sustentável de uma região, abrangendo atividades que beneficiam diretamente determinada parcela da população. “É um trabalho admirável que prioriza o resgate da autoestima, a produção artesanal, geração de renda e também a inclusão social valorizando esse profissional, o carpinteiro naval”, observou Rosane Guerra.

Quem desejar aumentar seus conhecimentos e saber mais sobre as embarcações maranhenses poderá se dirigir até o Sítio do Tamancão, onde está instalado o Estaleiro Escola, com cursos e oficinas para jovens aprenderem a fabricação artesanal de embarcações.

Bombeiro    Bombeiros_2

Corpo de Bombeiros – Outra atração de sucesso e bastante procurada é o carro do Corpo de Bombeiro do Maranhão, o autoescada mecânica (AEM 01), designado para resgate de difícil acesso em grandes incêndios. O carro possui escada de 30 metros, que facilita o trabalho dos bombeiros na hora do resgate.

bombeiro_crianca

O pequeno Jorge Arthur, de três anos, veio visitar a SNCT acompanhado dos pais e não cabia em si de tanta felicidade ao conhecer de perto o carro, que tem igual em forma de brinquedo na sua casa. Entrou, subiu, mexeu e ainda fez perguntas aos bombeiros. “Ele está realizado e feliz. Disse que quer ser um bombeiro quando crescer”, falou a mãe do infante, Samira Amorim.

Na mesma sintonia de Arthur, os jovens do Complexo Educacional Edson Lobão (CEGEL), Joseilda Pereira e Weskis Santos, ambos estudantes do 2º ano do ensino médio ficaram entusiasmados com o trabalho dos bombeiros.“Esse carro é lindo de perto e é emocionante saber que eles salvam vidas. Tem que ter muita coragem. È muito alto”, observou Joseilda Pereira.

E mais novidades são possíveis de se ver no stand do Corpo de Bombeiros. Lá, todo equipamento e parte técnica de uso são apresentadas aos visitantes, como a câmera usada para resgate em poço de grandes profundidades.


  Categorias: