Cidadão do Mundo: Estudantes embarcam para intercâmbio

outubro 02 14:59 2017

cidadao

  Os jovens participantes da 3ª edição do Programa Cidadão do Mundo embarcaram no último   sábado (30) em direção à Toronto, Cidade do Cabo, Madrid e Quebec, em busca de novos   conhecimentos e experiências. Eles passarão três meses fora do país com o objetivo de   aprender   um idioma. Durante esse período, cada um dos intercambistas vai receber do   Governo do Maranhão uma bolsa auxílio no valor de R$ 4.500 por meio da Fundação de Amparo   à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).


 O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Davi Telles acompanhou o   embarque dos estudantes. “Esse é um momento muito importante para esses jovens, eles   iniciam uma nova experiência e nós da secretaria fazemos questão de acompanhar cada detalhe   até o embarque para que eles e também os familiares tenham mais tranquilidade”, enfatizou.

 O secretário adjunto de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Pedro Igor Nascimento também   acompanhou o embarque dos jovens. “Todos os estudantes estavam muito empolgados e   emocionados, pude conversar com alguns deles e perceber o quanto essa experiência será   enriquecedora e marcante para esses estudantes”, ressaltou.

 A despedida foi marcada pela ansiedade e emoção. A estudante de odontologia Ritta   Nascimento, com destino à Cidade do Cabo, na África do Sul, falou um pouco sobre a   expectativa. “Estou muito emocionada, é uma expectativa muito grande. Já estou no décimo período do curso e decidi fazer o intercâmbio, pois sei que será uma oportunidade única. Meu objetivo é dominar o idioma e voltar em dezembro falando fluentemente”, disse.

Para Guilherme Sousa, de 20 anos, estudar em outro país será algo inesquecível. “A expectativa para esse intercâmbio é a melhor possível. Eu estudei durante um bom tempo o inglês aqui e chegou a hora de colocar o que eu aprendi em prática e aprender ainda mais. Sei que essa será uma experiência que vai abrir os meus horizontes”, afirmou o jovem.

Após a realização do intercâmbio, os estudantes deverão apresentar produção escrita sobre a experiência, pré-requisito para a certificação dos participantes no programa. 

O Cidadão do Mundo
O Programa Cidadão do Mundo foi criado em 2015 e se propõe a oferecer intercâmbio internacional em países cuja língua pátria seja o inglês, o espanhol ou o francês, para que os participantes possam obter domínio funcional desses idiomas.

O público-alvo do programa são alunos egressos do ensino médio da rede pública de ensino e de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais ou a fundações sem fins lucrativos, na faixa etária entre 18 e 24 anos.  Em 2018, mais 80 estudantes terão a oportunidade de embarcar para uma experiência incrível no exterior.

  Categorias: