CONFAP integra delegação que conhecerá ambientes de inovação na Finlândia

CONFAP integra delegação que conhecerá ambientes de inovação na Finlândia
maio 30 19:15 2014

vantaa-innovation-intituteMembros do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa integrarão uma missão técnica e empresarial à Finlândia, organizada pela Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores).

O presidente do CONFAP, Sergio Gargioni, o presidente da FAPESQ (Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba), Claudio Benedito Silva Furtado, e o presidente da FAPEMAT (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso), Flávio Teles Carvalho da Silva, estão entre os 38 participantes da missão, a maioria dirigentes das entidades de fomento à pesquisa e inovação, representando 23 organizações brasileiras.

Na segunda-feira (2 de junho), o grupo participará da abertura do Seminário de Inovação na capital Helsinque; na terça (3), vai a Otaniemi visitar empresas e o Instituto de Inovação VANTAA e se reunir com representantes da Associação dos Parques Tecnológicos Finlandeses e da Agência Finlandesa para o Financiamento em Tecnologia e Inovação, entre outras.

Na quarta-feira (4), os participantes se deslocam para outras duas cidades (Lathi e Kausala), a fim de conhecer laboratórios que atuam na área das energias renováveis, além de uma usina piloto de uso de dejetos para produção de energia elétrica e térmica. Na quinta (5), em Helsinque, acontece a reunião de fechamento da missão que, para alguns participantes, havia começado na China, no dia 26 de maio.

Em território chinês, o grupo conheceu o mais importante parque tecnológico do país, o Zhongguancun Science Park.

Formado por um conjunto de 16 subparques, o Z-Park ocupa uma área de 488 km². A delegação visitou ainda o China Brazil Center for Climate Change and Energy Technology Innovation. O centro foi criado em 2010, com o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a partir de uma cooperação tecnológica e acadêmica entre a Coppe/UFRJ e a Universidade Tsinghua, principal universidade chinesa na área de engenharia. Os projetos ali desenvolvidos estão relacionados a biocombustíveis, à captura e armazenamento de carbono e a tecnologias em águas profundas.

O grupo também conheceu a sede da empresa Baidu, que tem o terceiro maior motor de busca do mundo e o primeiro na China; a empresa BOE, focada no desenvolvimento de tecnologias de telas semicondutoras; e a Área de Desenvolvimento Tecnológico e econômico de Pequim, cujo objetivo é promover a internacionalização de empresas. Grandes companhias como GE Mercedes Benz, Nokia e Bayer têm estrutura no local.

  Categorias: