Diretora Científica da FAPEMA participa de reunião Regional da SBPC em Chapadinha

Diretora Científica da FAPEMA participa de reunião Regional da SBPC em Chapadinha
maio 23 17:24 2012

para_o_siteA diretora Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), Rita Seabra, esteve nesta terça-feira (22), no município de Chapadinha, para participar da sessão de abertura da Reunião Regional da SBPC, que acontece de 22 a 24 no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Federal do Maranhão (CCAA/UFMA). O evento tem como objetivo elaborar estratégias para estimular o desenvolvimento científico e tecnológico da região do Baixo Parnaíba e é uma preparação para a 64ª Reunião Anual da SBPC, que acontecerá em julho, em São Luís-MA.

Participaram professores dos cursos de Zootecnia, Ciências Biológicas e Agronomia do CCAA, além de alunos, pesquisadores e a comunidade em geral. A solenidade teve início com a exibição de um filme sobre a história da SBPC no Brasil e a execução do Hino Nacional por um coral formado por alunos do Campus de São Bernardo. Em seguida, foram chamados para compor a mesa o vice-reitor da UFMA, professor Dr. Antônio José Silva Oliveira, que representou o Reitor Nathalino Salgado; o diretor do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais de Chapadinha e coordenador da comissão executiva local da SBPC, professor Dr. Jocélio Araújo; o diretor regional da SBPC José Antônio; o secretário regional da SBPC, Luís Alves, e a diretora Científica da Fapema, Rita Seabra , representando a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Maranhão e a diretora da Fundação, Rosane Guerra.

Em sua fala, a secretária-geral da SBPC, Rute Maria Gonçalves de Andrade, destacou a importância do tema central do encontro regional de Chapadinha – Sociedade e Agricultura Familiar – para as discussões que estão ocorrendo no mundo, principalmente com a realização da Conferência Mundial de Meio Ambiente (Rio+20) e a reunião anual da SBPC, que vai abordar a questão dos saberes das comunidades tradicionais. “A agricultura familiar é a grande mola propulsora da alimentação e da preservação dos conhecimentos das nossas inúmeras variedades de alimentos no Brasil”, afirmou. Ela destacou o apoio dos parceiros na realização do evento, a exemplo da FAPEMA que lançou edital de apoio a participação na reunião anual que acontece na capital maranhense.

O diretor do Campus de Chapadinha, professor Jocélio Araújo, disse que a Reunião Regional da SBPC é um marco histórico para a região e que vem consolidar as conquistas do CCAA. “Trata-se de evento muito importante, uma vez que tem a função de popularizar a ciência e a tecnologia numa região que apresenta um dos mais baixos índices de desenvolvimento humano (IDH)”.

Jocélio também fez um balanço da história do Campus de Chapadinha. Ele lembrou que Centro no início passou por muitas dificuldades estruturais, inclusive com o risco de ser fechado, mas aos poucos foi superando os problemas e hoje está se transformando em referência para a região do Baixo Parnaíba e para o estado do Maranhão. “Atualmente o nosso Centro detém o maior número de doutores proporcionalmente no estado do Maranhão e é a primeira unidade acadêmica a ter um programa de pós-graduação (mestrado) independente de área”, declarou. O diretor do Campus de Chapadinha agradeceu ainda a contribuição de toda a comunidade acadêmica – alunos, professores, técnicos e terceirizados – para a desenvolvimento do CCAA.

Apoio – A diretora Científica da FAPEMA, Rita Seabra, destacou o apoio da Secretaria de Ciência e Teconologia do Estado do Maranhão e da Fapema em relação à SBPC. Para ela, está havendo uma preocupação da SECTEC/MA e da Fapema em relação à SBPC não apenas em relação apoio financeiro, mas também no sentido de garantir a participação de todos nas discussões que acontecerão em São Luís. A diretora lembrou que o resultado do Edital de Apoio à Participação na 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência (SBPC) já foi divulgado na quinta dia 17, na página eletrônica da Fapema. Foram aprovadas 57 propostas que beneficiarão 540 participantes.

“Estamos honrados e agradecidos em participar efetivamente de todas as reuniões e, dessa forma, poder contribuir com a SBPC e principalmente com o estado do Maranhão”, declarou Rita Seabra. Para a diretora científica da Fapema, um estado não evolui, nem se desenvolve se não for pautado nas questões de ciência e tecnologia. A SBPC regional é organizada pelos professores Jocélio dos Santos Araújo, Henrique Nunes Parente, Michelle de Oliveira Maia Parente e Andréa Martins Cantanhede, com a colaboração dos técnicos administrativos Mabson de Jesus, Carlos Eduardo Cantanhede, Andrelina Leite e Ezenilde Rocha. Durante o encontro,

Durante o encontro, o público poderá assistir a conferências, mesas redondas, minicursos e oficinas. A programação da Reunião Regional da SBPC em Chapadinha contará com a participação de cientistas de várias instituições, como Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio de Janeiro, (UFRJ), Secretaria de Estado da Educação (SEDUC-MA), Ministério da Educação (MEC), INCRA, etc. Entre os temas a serem debatidos estão: “Papel da Vigilância Sanitária Epidemiológica Na prevenção e Controle de Doenças no Campo”, “Os impactos do Agronegócio no Baixo Parnaíba”, “Sociedade e Agricultura Familiar”, “Quilombolas”, etc.

“Nosso intuito é levar o conhecimento científico e tecnológico desenvolvido no país a fim de contribuir com subsídios para as políticas públicas locais, de modo a promover qualidade de vida da população por meio da melhoria das condições de trabalho e educação”, explica Rute Maria Gonçalves de Andrade, secretária-geral da SBPC. Além da SETEC/MA e da Fapema, a reunião regional da SBPC tem o apoio do Ministério da Educação, CNPQ, Capes e Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação.

  Categorias: