Divulgado resultado do Prêmio FAPEMA 2011

Divulgado resultado do Prêmio FAPEMA 2011
novembro 08 12:33 2011

logopremioA Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) divulgou nesta terça-feira, 08, o resultado dos ganhadores do Prêmio FAPEMA 2011. Ao todo foram aprovadas 21 propostas, totalizando 35 premiados, considerando os orientadores. A avaliação foi feita por consultores “ad hoc” das universidades federais de Ouro Preto, do Mato Grosso, Fluminense, do Tocantins, do Ceará, do Maranhão, do Uniceuma e da Fundação Oswaldo Cruz, do Rio de Janeiro.

O Prêmio Fapema, que este ano chega a sua sétima edição, é a maior premiação científica do Norte/Nordeste e objetiva reconhecer o talento dos pesquisadores locais e estimular a divulgação cientifica e tecnológica do Maranhão. A solenidade de entrega do prêmio será no dia 05 de dezembro no Hotel Luzeiros e será presidida pela secretária de Ciência e Tecnologia, Olga Simão e pela diretora presidente da FAPEMA, Rosane Nassar Meireles Guerra.

“Foram escolhidos os trabalhos mais inovadores e importantes para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação do Estado”, afirmou Rosane Guerra. “Como tem sempre acontecido, quando trazemos professores externos, os trabalhos têm sido bastante elogiados, o nível dos trabalhos e até a qualificação dos proponentes. A idéia é que as pessoas ao serem premiadas se sintam orgulhosas disso por conta desse reconhecimento nacional em relação não só ao projeto enviado, mas ao currículo, a produção acadêmica científico também”, completou Rosane Guerra. 

O professor doutor, Francisco Eduardo de Andrade, da Universidade Federal de Ouro Preto – MG, um dos avaliadores dos trabalhos, disse que o que se percebe é que há um avanço da pesquisa científica no Maranhão. “Observamos um amadurecimento dos AVALIADORESpesquisadores, e as temáticas são todas relevantes, abordando questões que são importantes para o desenvolvimento do Estado”, disse.

A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Cultura Contemporânea da Universidade Federal do Mato Grosso, professora doutora Maria Tereza Azevedo, destacou a importância do prêmio para o incentivo à pesquisa no Estado. “Acho que esse Prêmio é bastante interessante, ele estimula muito a pesquisa no estado, o que é bastante importante para o desenvolvimento da pesquisa no Maranhão”.

Este ano o tema do prêmio é “São Luís 400 anos: Revisitando a história, com visão no futuro”. Com exceção da modalidade Vídeo/Filme, os trabalhos submetidos ao edital do prêmio não precisaram, necessariamente, abordar essa temática. O tema foi escolhido em votação no portal da Fundação e teve 39% dos votos.

Premiação – De acordo com o Edital 026/2011, as premiações em dinheiro, que somam R$ 150 mil, serão distribuídas em nove categorias: Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Dissertação Mestrado, Tese de Doutorado, Pesquisador Sênior, Jornalismo Científico, Inovação Tecnológica, Desenvolvimento Humano e Empresa Inovadora.

Puderam concorre ao prêmio alunos de ensino médio e graduação, mestres, doutores, pesquisadores, inventores e responsáveis por empresas inovadoras e pessoas que tenham contribuído para preservação dos bens imateriais e “saberes populares”.

  Categorias: