Encontro de Inovação Tecnológica movimentou a Feira do Empreendedor nesta sexta-feira

Encontro de Inovação Tecnológica movimentou a Feira do Empreendedor nesta sexta-feira
novembro 06 19:52 2009

abertua_inova_siteEmpresários, professores do ensino médio e universitários participaram, nesta sexta-feira (6), das discussões visando montar estratégias de inovação e empreendedorismo para o desenvolvimento do Maranhão. As discussões aconteceram durante o I Encontro de Inovação Tecnológica do Maranhão, promovido Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (Fapema), com o apoio do Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae). O tema despertou o interesse de centenas de pessoas que participaram do encontro.

Durante o evento os participantes tiveram também a oportunidade de conhecer invenções maranhenses como a cobertura de edificações com telha cerâmica sem madeiramento do engenheiro civil, Luiz Gonzaga do Vale.  O invento tem foco na preservação ambiental e na redução de custos.abertura-inova-site

Segundo a Pesquisa de Inovação Tecnológica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), somente 33,4% das empresas industriais brasileiras envolvem alguma inovação em seus produtos ou processos entre 2003 e 2005. O encontro visa reduzir os números apresentados por essas estatísticas.  O encontro teve como propósito mudar esta realidade.

Para falar sobre Inovação na empresa, propriedade intelectual e redação de patentes foram convidados como palestrantes a coordenadora da Rede NIT/Nordeste, Cristina Quintella; o coordenador Regional da Finep, Deuci Castro; a coordenadora do Programa Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio), Cláudia Pessoa; e a coordenadora regional do Fórum Nacional de Gestores de Inovação (Fortec), Maria Rita Moraes.

A diretora presidente da Fapema, Rosane Guerra, representou a governadora Roseana Sarney na abertura do evento que contou com as participações do superintendente do Sebrae, Manoel Pedro Castro; reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado; do vice-reitor da Universidade Estadual do Maranhão, Walter Canales, entre outras autoridades.

O Encontro faz parte da programação da Feira do Empreendedor que acontece até domingo (8), no Multicenter Sebrae, “Com essas discussões queremos estimular micros e pequenas empresas a desenvolver projetos de inovação como forma de melhora sua competitividade”, explicou Rosane Guerra. “A inovação, a partir de agora, está definitivamente na agenda estratégica do Maranhão”, completou.

Investimentos-Rosane Guerra informou que nós próximos dias a Fapema vai lançar o edital PAPPE Subvenção que assegura R$ 1,4 milhão para beneficiar empresas maranhenses que tenham como foco a inovação. Outro edital que deverá ser lançado pela Fapema, até o final do mês, é o programa Rhae, conhecido como programa Pesquisador na Empresa.

Empresas de todos os setores poderão ser contempladas com a subvenção, que é um recurso que não precisa ser devolvido desde que seja destinado a projetos de inovação. Com essa iniciativa a Fapema cumpre uma de suas metas que a de criar condições para o aumento da taxa de inovação tecnológica nas empresas locais, considerada muito baixa. “Temos uma academia competente, é preciso ter também um empresariado dinâmico e queremos ser parceiros dos pesquisadores e empresariado maranhense que também têm compromisso com o desenvolvimento do Maranhão”, a presidente da Fapema.abertura-ino-site

 O reitor Natalino Salgado disse que o encontro permite um momento amplo de discussão unindo professore, estudantes, sociedade em geral, governo e academia e isto é importante para que se tenha uma política consistente. “A inovação tecnológica é importante para o desenvolvimento do País e para a inclusão social”.

A parceria com o Governo do Estado na Feira do Empreendedor, segundo o superintendente do Sebrae, Pedro Castro, é importante para a realização da mudanças necessárias para as transformações que o Maranhão exigi. “Temos a certeza de que este evento vai enriquecer ainda mais essa atividade de inovação tecnológica no Maranhão”, disse.

Para a estudante Vanessa Pimenta, que cursa o primeiro ano do Ensino Médio no Liceu Maranhense, a o encontro serviu, sobretudo, para despertar os participantes para o novo e para a importância de preservar seus inventos com o registro de patentes.

  Categorias: