Estação meteorológica da Uema e projeto de alunos do Curso de Formação do CBMA são atrações na SNCT

Estação meteorológica da Uema e projeto de alunos do Curso de Formação do CBMA são atrações na SNCT
outubro 18 19:23 2012

Predomínio de tempo bom e ventos intensos durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). A previsão foi dada pela meteorologista Andréa Serqueira, do Núcleo Geoambiental da Universidade Estadual do Maranhão (NUGEO-UEMA), que participa do evento com uma Estação Automática Meteorológica instalada no stand da UEMA dentro da SNCT.

A estação possui equipamentos que geram informações sobre as condições meteorológicas, como dados sobre a pressão atmosférica, temperatura e umidade relativa do ar, precipitação, direção e velocidade do vento, além de sensores da umidade relativa do ar. A meteorologista alerta quando as chuvas chegarão à capital maranhense. “As chuvas já estão chegando ao Sul do Estado e para São Luís a previsão é dezembro”, revelou.

A SNCT é promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, coordenada no Maranhão pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec) e Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), e traz como tema “Sustentabilidade, economia verde e erradicação da pobreza”.

bombeirosO tema norteia grande parte dos projetos apresentados durante a Semana. Os cadetes do Curso de Formação de Oficiais (CFO), do Corpo de Bombeiros, apresentaram um projeto de eletrificação fotovoltaica, que propõe o desenvolvimento de um modelo sustentável de eletrificação rural gratuita às famílias de baixa renda. Eles explicaram toda a proposta do projeto em duas sessões nos auditórios da SNCT para uma plateia atenta. “Mostramos um projeto em que pessoas de baixa renda poderão ter acesso a energia gratuita e, assim, fazer uso de geladeira, televisão e outros bens, melhorando a qualidade de vida da família”, avaliou o cadete Gomes do CFO.

A SNCT enche os olhos e a boca dos visitantes, o sabor da fruta tipicamente maranhense, o bacuri, está na essência dos biscoitos produzidos no município de Itapecuru-Mirim, com o apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária e parceiros. O biscoito foi vencedor do Prêmio Finep, no Nordeste. A conquista será comemorada na próxima segunda-feira (22), durante a entrega do Prêmio na própria cidade.

A iniciativa comunga com as propostas dos governos Federal e Estadual na busca de alternativas de geração de emprego e renda de famílias rurais no país contribuindo assim para erradicação da pobreza. Ainda no mundo da culinária, alunos do curso de nutrição do Cest apresentam um biscoito produzido sem gordura animal e que ajuda na redução do colesterol e do peso. Um alimento destinado a pessoas portadoras de diabetes, pois não contém açucar. E a prova de que a Semana tem muito a oferecer dentro das áreas mais diversas que vão desde da tecnologia, ciência, artes culturais e culinárias e saúde. Um universo a ser explorado bem pertinho dos maranhenses.

A sustentabilidade está presente também no stand da Secretaria de Estado do Meio ambiente-SEMA, que sugere a idéia de alternativa sustentável onde os produtos químicos usados na limpeza de casa podem ser substituídos por produtos naturais que não agridem o meio ambiente,como por exemplo, água sanitária e desinfetantes podem serem trocados na hora da limpeza por vinagre,limão ou bicarbonato de sódio contribuindo assim com meio ambiente.

E seguindo a lei do “nada se perde, tudo se transforma,” a UEMA mostra isso de forma concreta, reutilizando material publicitário sem uso como banneres na fabricação de bolsas para professores e estojos de lápis. Uma idéia que tem funcionabilidade garantida para Lucimar Cristina, 23 anos, que passeava pelo shopping e resolveu dá uma olhadinha na SNCT. ” Eu achei muito boa a idéia, porque são materiais geralmente sem utilização depois e que se transformam em algo de utilidade para cidadão”,falou admirada a universitária.

 

 

  Categorias: