Fapema apóia atividades da SNCT em Chapadinha

Fapema apóia atividades da SNCT em Chapadinha
outubro 14 22:49 2012

 

semana_imageA partir desta segunda-feira (15), o Campus de Chapadinha abre suas portas para que estudantes, professores e a comunidade do Baixo Parnaíba discutam os desafios da criação de uma economia sustentável com redução das desigualdades sociais. É a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que acontece de 15 a 21 de outubro no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Federal do Maranhão (CCAA/UFMA). O evento integra a programação regional da SNCT, que será realizada no mesmo período em São Luís-MA, e tem como objetivo a divulgação de conhecimentos científicos e tecnológicos que possam contribuir para melhorar as condições de vida da comunidade local.

Durante o encontro, o público terá acesso a palestras, minicursos, mesas-redondas e oficinas, onde serão debatidos temas relacionados a sustentabilidade, economia verde, erradicação da pobreza, artesanato e implementação de horta vertical. As atividades a serem desenvolvidas durante a Semana envolvem professores e alunos de cursos de graduação da UFMA e de outras instituições de educação superior da região.

O evento contará ainda com a participação de professores e alunos de escolas da rede pública municipal e estadual.O tema adotado este ano é “Sustentabilidade, Economia verde e Erradicação da pobreza”, que está em conformidade com a temática nacional da SNCT e com as políticas sociais desenvolvidas pelo Governo do Estado. Para o professor Dr. Cláudio Gonçalves da Silva, coordenador da SNCT em Chapadinha, o tema é de grande relevância para o Maranhão, em especial para a região do Baixo Parnaíba. “Na nossa região, ainda encontramos muitos municípios com o IDH mais baixo do estado. Daí a importância de realizaremos atividades que visem à popularização da ciência e da tecnologia, contribuindo assim para melhorar a nossa realidade”, declarou o professor.

Participação – Chapadinha participa pela quarta vez consecutiva da Semana. De acordo com o professor Cláudio Silva, o número de inscritos e de atividades vem aumentando cada ano, com participação maciça de alunos dos cursos de Agronomia, Ciências Biológicas e Zootecnia do CCAA. O diferencial desta edição da SNCT em relação aos anos anteriores é a realização de atividades em comunidades rurais pertencentes aos municípios de Chapadinha e Mata Roma, além das ações já previstas para o Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA). “A Semana de Chapadinha já está consolidada como o maior acontecimento científico da região do Baixo Parnaíba, e serve também para mostrar as potencialidades do Campus de Chapadinha em relação à pesquisa, ao ensino e à extensão”, disse o professor Cláudio Silva.

 Apoio – A SNTC de Chapadinha têm o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão FAPEMA, por meio do Programa de Apoio à Popularização da Ciência e Tecnologia/Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT. A Fundação lançou este ano dois editais (n° 17/2012 e nº 037/2012) visando incentivar e ampliar a participação na edição 2012 da Semana de Ciência e Tecnologia, através do financiamento de projetos destinados a organização e execução de eventos científicos com foco na popularização da ciência. Além da FAPEMA, o encontro conta com o apoio da direção do CCAA e do Laboratório de Entomologia Básica e Aplicada (LAENBAP) da UFMA. A equipe organizadora da SNCT de Chapadinha é formada pelos professores Cláudio Silva e Valnice, e pelo técnico administrativo Mabson Santos.

SNTC – A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão (SNCT) é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. No Maranhão, é coordenada pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA). O tema deste ano é “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza”. Na SNCT 2012 serão promovidas e estimuladas em todo o país atividades de difusão e de apropriação social de conhecimentos científicos e tecnológicos. Serão debatidas as estratégias e mudanças necessárias para uma economia verde que, em conexão com um desenvolvimento sustentável, contribua para a erradicação de pobreza e a diminuição das desigualdades sociais no país.

 

  Categorias: