Fapema apóia I Semana Maranhense de Agronomia

Fapema apóia I Semana Maranhense de Agronomia
outubro 11 19:50 2012

semagroA Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) está apoiando mais um evento de Ciência e Tecnologia no interior do estado. É a I Semana Maranhense de Agronomia – SEMAGRO, que reúne professores e alunos da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Instituto Federal do Maranhão (IFMA). O evento é uma iniciativa do Centro Acadêmico de Agronomia da UFMA e tem como objetivo discutir a função do engenheiro agrônomo na produção de alimentos e na conservação dos bens naturais.

As atividades da I SEMAGRO tiveram início nesta terça-feira (09) e prosseguem até sábado (13), no auditório do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais de Chapadinha (CCCAA/UFMA). Através de palestras, minicursos, mesas-redondas e conferências, os participantes estão debatendo temas relacionados à agronomia familiar e práticas de sustentabilidade na produção alimentar. Ontem (quarta) alunos e professores assistiram à palestra “Políticas públicas no meio rural”, coordenada pela assistente social Ezenilde Rocha e pelo Comitê de Desenvolvimento Territorial do Baixo Parnaíba. 

A programação continua nesta quinta-feira com uma mesa-redonda sobre Biocombustíveis, que terá a participação do professor PhD Hamilton Jesus silva Almeida. Amanhã (sexta-feira) haverá outra palestra sobre produção de alimentos e existência humana, com o professor José Ribamar Sá da Silva. No último dia do encontro (sábado, 13), será a vez da professora Maria da Cruz Chaves Lima Moura, do CCAA, ministrar a palestra “Visita Técnica Ensaios Experimentais: Alternativas de Produção de Alimentos Para a Agricultura Familiar”.

Para a professora Maria Moura, discutir sobre agricultura familiar, preservação do meio ambiente e o papel do agrônomo nesse processo é essencial. “A agricultura familiar gera renda para pequenos agricultores, ao mesmo tempo em que movimenta a economia do país. Daí sua importância tanto para o Baixo Parnaíba como para outras regiões do estado do Maranhão”, afirmou a pesquisadora.

Com o apoio da Fapema, Maria Moura desenvolve uma pesquisa que tem como objetivo selecionar variedades de mamão mais adaptadas às condições de clima e solo da região do Baixo Parnaíba, levando em consideração a produtividade e o tipo preferido pelo consumidor. O projeto Seleção de genótipos de mamoeiro (carica papaya l.) para produção comercial na microrregião de Chapadinha, nordeste maranhense teve início em 2010, no município de Brejo-MA.

Além da UFMA e da Fapema, a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e a direção do CCAA também estão contribuindo para a realização da I Semana Maranhense de Agronomia – SEMAGRO.

  Categorias: