Fapema aprova concessão de auxílio para confecção de cartilha sobre autismo

Fapema aprova concessão de auxílio para confecção de cartilha sobre autismo
dezembro 18 13:34 2015

facema1A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), por meio do Edital APUB, aprovou a concessão de auxílio no valor de R$ 18.508,00 para a publicação de cartilhas do projeto “Caminhos da qualidade de vida: estimulando a interação social e independência de crianças no Espectro Autista”, de autoria da professora Francidalma Soares Carvalho Filha, com o apoio da egressa do curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (Facema), em Caxias (MA), Najra Danny Pereira Lima, e da acadêmica de Enfermagem Ava Fabian dos Anjos Lima.

Para a professora Francidalma Soares, o ano de 2015 foi produtivo e importante na área da pesquisa para a Facema, tendo em vista que dois trabalhos foram premiados em congressos, 18 trabalhos apresentados em eventos, publicação de livro e agora mais uma publicação tem o apoio da Fapema para a publicação da cartilha sobre autismo.

“A pesquisa é um caminho que dá para ser trilhado com responsabilidade, com retidão e nós realmente temos conseguido êxito e fico muito feliz com isso. A avaliação de todos esses fatos marcantes para a pesquisa na Facema é considerada positiva, e é importante falar sobre o apoio da Instituição, por meio do Núcleo de Pesquisa e da Direção Acadêmica, o que fortalece a pesquisa desta instituição, e o resultado é observado através dessas conquistas”, explica Francidalma.
facema3

O projeto teve duração de 8 meses e foi elaborado com o objetivo de disseminar o conhecimento sobre o Autismo, que é um transtorno que acomete muitas pessoas no Brasil e no mundo. A cartilha tem uma linguagem simples e foi idealizada para pais, professores e profissionais de saúde, que tenham dúvidas sobre o tema.

O conteúdo aborda: o que é o Autismo, quais os principais sinais e sintomas, o que os pais devem fazer quando receberem o diagnóstico da doença, quais as terapias disponíveis para ajudar na melhoria da comunicação e na socialização dessa criança ou pessoa que vive no transtorno. Além disso, a cartilha disponibiliza também na parte de anexos, alguns desenhos que podem ser recortados para as crianças/pessoas trabalharem a criatividade.

Serão confeccionados cerca de 8 mil exemplares da cartilha, que serão doados para as Secretarias de Saúde e Educação, além da Associação de Pais e Amigos do Excepcional (APAE) e Associação dos Amigos do Autista (AMA), mediante a realização de palestras sobre o tema.

 

  Categorias: