Fapema estimula participação da educação básica em projetos de pesquisa

Fapema estimula participação da educação básica em projetos de pesquisa
fevereiro 24 13:06 2011

estudante-ao-microscpioA Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) disponibilizou no site da fundação – www3.fapema.br – o edital Programa Maranhão Faz Ciência (Prociência). O edital, inédito no Estado, visa a estimular a participação de professores e estudantes de escolas públicas de ensino fundamental e médio do Maranhão em projetos de pesquisa científica e tecnológica, a serem desenvolvidos na própria escola.

As propostas serão financiadas com recursos no valor de R$ 200 mil. Estima-se apoiar até 40 projetos. As bolsas de Iniciação Cientifica Júnior, destinadas a alunos participantes do projeto, são no valor de R$ 120,00. Para Professor Jovem Cientista, proponente do projeto, a bolsa é de R$ 360,00. O prazo para recebimento de propostas vai até o dia 04 de abril.

Os requisitos necessários para concorrer à chamada pública podem ser consultados no edital 013/2011. Entre as exigências, para o professor, estão: ter, no mínimo, título de graduação; ter uma carga horária mínima de 20 horas em escolas públicas do Maranhão; estar ministrando aulas no ensino fundamental, a partir do sexto ano, ou de jovens e adultos no período de vigência do projeto; e estar cadastrado no Banco de Pesquisadores da Fapema (www3.fapema.br/patronage).

Para o aluno que receberá bolsa de Iniciação Científica Júnior, é exigido que esteja regularmente matriculado, a partir do sexto ano do Ensino Fundamental, no Ensino Médio ou na educação profissional em escola pública do Maranhão e ser selecionado e indicado por instituição de pesquisa ou ensino pelo coordenador do projeto, entre outras exigências.

Com o lançamento desse edital o governo do Estado, por meio da Fapema, pretende contribuir para a formação de estudantes, a partir do sexto ano da educação básica e de educação de jovens e adultos, por meio do desenvolvimento de projetos de pesquisa na escola, bem como incentivar o envolvimento de professores da rede pública de ensino com o sistema de ciência e tecnologia, além de contribuir com o processo de formação continuada dos professores, despertando a vocação científica.

Editais abertos – Além do Prociência, estão abertos na página da fundação mais 15 editais. Entre eles: Apoio à participação em eventos científicos e/ou tecnológicos (APEC); Programa de apoio à publicação (APUB); Programa de desenvolvimento científico regional (DCR); Programa de bolsas de pós-doutorado (BPD); e o Programa de apoio à popularização da ciência e tecnologia/Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) e o edital Apoio a Projetos de Pesquisa para Formação da Rede de Pesquisa da Baixada Maranhense – Redebax.

Novos editais serão lançados ainda este mês e nos meses de março e abril, perfazendo o total de 34 editais apresentados pela Fapema, no último dia 22, em solenidade que contou com a participação de reitores, pós-reitores, pesquisadores e estudantes.   

 

  Categorias: