FAPEMA incentiva empresas a desenvolver pesquisas que agreguem valor ao babaçu

FAPEMA incentiva empresas a desenvolver pesquisas que agreguem valor ao babaçu
junho 18 11:11 2010

 

fap_rhaeA Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) reuniu, na tarde de quinta-feira, 17, empresários e pesquisadores que trabalham com o babaçu para apresentar o edital Programa RHAE – Pesquisador na Empresa. O objetivo da reunião foi mostrar aos empresários de que forma eles podem concorrer aos recursos, não reembolsáveis, no montante global de R$ 1 milhão. O edital é uma parceria da FAPEMA com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A integra do edital está disponível no site da fundação, www3.fapema.br.

Os recursos são para apoio financeiro a projetos que estimulem a inserção de mestres e doutores em empresas sediadas no Maranhão, buscando aumentar a competitividade a partir da geração de inovação, tecnologia e patentes.  “A nossa intenção é chamar a atenção dos empresários para o edital para que elas possam, com projetos inovadores, fomentar a cadeia produtiva do babaçu no Maranhão, agregando valor e renda ao produto”, disse a diretora-presidente da FAPEMA, Rosane Nassar Meireles Guerra, que esclareceu ainda que o edital está aberto para empresas de todos os ramos de atividade.

O edital foi apresentado pelo coordenador de Inovação e Empreendedorismo da Fapema, Tonicley Silva. Ele explicou que serão aceitas propostas de projetos de desenvolvimento tecnológico de produtos, processos ou serviços que visem ao aumento da competitividade das empresas por meio de inovação, adensamento tecnológico e dinamização das cadeias produtivas, incremento, atendimento à relevância regional e cooperação com instituição cientifica e tecnológica.

A reunião foi muito importante, pois mostrou como o empresário pode inserir seu projeto ao edital, que era entendido a partir do foco do pesquisador e não da empresa. Por essa razão muitos projetos foram rejeitados quando submetidos ao edital lançado anteriormente”, disse Marcus Nahus, consultor da empresa Babaçu e Derivados, que está iniciando suas atividades no município de São José de Ribamar.

Liliane Rodrigues, diretora da Babaçu e Derivados,  afirmou que ao promover a reunião, a FAPEMA abre novos horizontes para os empresários maranhenses. “Esta é uma injeção de ânimo para muitos empresários que tem, ou buscam ideias inovadoras e não sabem onde buscar apoio para colocá-las em prática”, observou.fap_rhae2

Com o lançamento do edital, o governo do Estado, por meio da FAPEMA, espera fomentar a criação de fontes alternativas de energia no estado, incluindo o uso do babaçu, um recurso natural estimado em 10 milhões de hectares no Maranhão, o que corresponde a cerca de 70% do total nacional.

Com uma produção de 8.360.183 toneladas anuais de coco de babaçu, ainda pouco explorada, há condições de se gerar, além do biodiesel, produtos como metanol, carvão vegetal, grafite, alcatrão, combustível de fornos e caldeiras, rações, aglomerados para construção civil e para fabricação de móveis, entre outros.

O professor e pesquisador, Hamilton Santos, destacou o papel da FAPEMA no desenvolvimento da pesquisa do Maranhão. “A atuação da FAPEMA ganhou impulso neste último ano e com isso a pesquisa no estado tem crescido”, disse.

PAPPE – Durante a reunião, os empresários também receberam informações sobre o Programa de Apoio à Pesquisa na Empresa (Pappe-Subvenção Econômica), que objetiva apoiar, sob forma de financiamento não reembolsável, projetos de pesquisa e desenvolvimento de processos e produtos inovadores realizados por empresas brasileiras sediadas no Maranhão, inclusive em estágio de incubação.

Os projetos apoiados devem apresentar soluções tecnológicas, com potencial de inscrição no mercado, além de impacto social e/ou comercial, em todas as áreas de conhecimento. Na primeira rodada do edital, encerrada no inicio de junho, foram submetidos 13 projetos, 12 deles foram enquadrados. A próxima rodada será aberta em 08 de agosto.

 

  Categorias: