FAPEMA participa do Dia do Empreendedorismo e Inovação na UFMA

FAPEMA participa do Dia do Empreendedorismo e Inovação na UFMA
agosto 22 15:18 2016

SEMITI-PIBITI UFMA  2Aconteceu no último dia 16 de Agosto, às 8h, no Auditório Central da UFMA, o evento em comemoração ao Dia do Empreendedorismo e Inovação.

Promovido pelo Departamento de Empreendedorismo e Inovação da UFMA (Demi/Proexce), a programação objetivou complementar a formação de ensino superior dos estudantes, proporcionar um espaço para discussão e aprendizagem, despertar o interesse de jovens empreendedores e potencializar as competências empreendedoras dos participantes.

A comemoração ao Dia do Empreendedorismo e Inovação na UFMA ocorre anualmente desde 2013, e conta com a realização simultânea do VI Workshop de Empresas Juniores e do VII Workshop de Incubadora de Empresas, além de proporcionar espaço para apresentação de trabalhos de bolsistas da UFMA e CNPq no Seminário de Iniciação Tecnológica e Inovação (Semiti).

A programação ainda contou com dois minicursos: “Novas Tendências em Gestão Empresarial”, ministrado por Ana Beatriz Adler, Rayana Souza, Felipe Fook, Layana Machado e Wesley Silva, da Empresa Junior de Psicologia NovaMente, e “Introdução ao Excel”, ministrado por Daniel Campos Fagundes, da Empresa Junior de Engenharia Química (Conspeq).

O evento esteve aberto para docentes, discentes, técnico-administrativos e colaboradores da UFMA ou de outra instituição de ensino superior, professores e estudantes de ensino médio ou fundamental, empresários e todos que se interessam por temas relacionados ao empreendedorismo.

Convidado a compor o júri para avaliar os projetos de Iniciação Tecnológica, o Coordenador de Inovação e Empreendedorismo da FAPEMA, Mauricio Sá, integrou a mesa na companhia do Gerente de Inovação do SEBRAE, João Berto, e do Diretor da Engenharia de Computação da UEMA, Dr. Rogerio Moreira Lima.

Para Mauricio Sá, o evento foi extremamente profícuo, pois, de certa maneira, trouxe a academia para dialogar com o mercado. “Fazer com que o aluno tenha um primeiro contato com a concorrência ao expor suas ideias é um passo importante para sedimentar, desde cedo, em sua formação, esse viés empreendedor. E continua: “Tivemos a oportunidade de assistir diversos trabalhos de excelência com grande potencial para a inserção em mercado. Além do mais, consegui observar o cuidado em que eles modelaram as suas apresentações de modo a transformar uma linguagem hermética e acadêmica em algo comercial, tendo em vista que o evento era de inovação e empreendedorismo”.

  Categorias: