Fapema realiza a segunda reunião para criação do edital Acervos Museológicos

Fapema realiza a segunda reunião para criação do edital Acervos Museológicos
maio 02 21:38 2013

DSC 1315 - Cópia

Na tarde desta quinta-feira, 02, na Casa de Cultura Josué Montelo, a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA mediou o encontro entre representantes de museus e instituições de ensino superior para discutir pontos centrais na formulação do edital de Acervos Museológicos.

Estiveram presentes a assessora de Planejamento e Assuntos Estratégicos da FAPEMA, Márcia Maciel, a diretora do Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Maria Luiza Raposo, o diretor do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira, Sebastião Cardoso, o representante da Secretária de Cultura do Estado, Cláudio Pinheiro, a representante da Curadoria de Bens Culturais do Palácio dos Leões, Jamilra Lemos, a representante da Vice-Governadoria do Estado, Maria da Conceição Ribeiro, as representantes do Museu de Arqueologia do Maranhão, Eliane Gaspar e Deusdedit  Leite.

Este segundo encontro teve como objetivo a organização do texto para o edital que está sendo construído, com base no já existente edital de Apoio ao Programa de Acervos Documentais do Maranhão – Adoc. “Optamos pelo uso de um edital anterior como base, por se tratar de áreas afins. Ambos lidam com estratégias de preservação histórica do Maranhão. Enquanto o Adoc trata de documentos, o novo edital se refere especificamente a museus já existentes.”, explicou a assessora de Planejamento e Assuntos Estratégicos da FAPEMA, Márcia Maciel.

Também foram chamados para a reunião representantes do Departamento de História da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, o Dr. Manoel Martins, Departamento de História da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, Dr. Marcelo Cheche, e da Diretoria Acadêmica do Instituto Federal do Maranhão – IFMA, Suzane Batista. “Esta reunião é de extrema importância para o fechamento do texto. Estamos debatendo qual a melhor forma para que todos os pontos fiquem claros no edital. E mais que isso, a existência desse edital nos fortalece enquanto estado que se preocupa com seu patrimônio histórico. Buscar recursos de uma fonte transparente, e ter a prática de edital, faz com que as restaurações sejam feitas por instituições e empresas dignas do trabalho que irão realizar, precisamos de clareza nos processos e é isso que buscamos”, comentou o Dr. Manoel Martins, da UFMA.

O Edital de Museus busca dar suporte à conservação dos museus históricos, culturais e arqueológicos existentes no Maranhão, englobando também os documentos públicos presentes nesses espaços. As propostas inscritas no edital serão financias com recursos no valor de R$ 2 milhões, provenientes da FAPEMA. O valor se destina às despesas de custeio, bolsas e atividades de capacitação e aperfeiçoamento.

Entre as ideias propostas hoje, está a criação de cursos de capacitação de curta duração, oferecidos por profissionais de outros estados com maior experiência na área de conservação museológica. Todos os projetos deverão ter valor máximo de R$300 mil e execução em até 24 meses. “Pensamos em oficinas de restauração ministradas por pessoas com mais experiência nessa área, pesquisadores de outros estados, por exemplo, mas também do Maranhão. Para isso, chamamos as universidades, no intuito de que possam somar ideias e agregar conteúdo ao edital e na execução dos projetos que dele surgirem”, finalizou a representante da FAPEMA, Márcia Maciel.

 

  Categorias: