FAPs e CAPES terão programa de cooperação para formar pessoal altamente qualificado

março 19 21:30 2014

Foi aprovado ontem (18) o Regulamento do Programa de Cooperação CAPES/FAPs, cujo objetivo é promover a capilaridade das ações voltadas à formação de recursos humanos altamente qualificados, com vistas a reduzir assimetrias regionais, fortalecer e ampliar a pós-graduação nos estados.

A implementação do programa se dará por meio de acordos de cooperação ou convênios entre as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa e a Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Tais acordos deverão ser balizados por estudos de demanda efetuados pelas FAPs junto às Instituições de Ensino Superior e Pesquisa de cada unidade da Federação.

“O Regulamento detalha as atribuições da CAPES e das FAPs, podendo ter pequenos ajustes para sua operacionalização”, segundo Sergio Gargioni, presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP). O Programa foi criado em julho de 2013 para unir todas as ações e parcerias entre as Fundações e a CAPES sob um único plano, a fim de promover melhorias das condições de operação dessas atividades.

  Categorias: