Física Nuclear é tema de pôster apresentado por bolsista da FAPEMA na 65ª SBPC

Física Nuclear é tema de pôster apresentado por bolsista da FAPEMA na 65ª SBPC
julho 22 21:36 2013

DSC 1901 edit

Popularização da ciência através história da Física Nuclear. Esse foi um dos pôsteres do Maranhão que tiveram destaque na 65ª Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), no Centro de Convenções da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Recife. Na ocasião, pesquisadores maranhenses mostraram seus trabalhos em prol do desenvolvimento e a qualidade de vida das pessoas.

Divididos por área de conhecimento, durante toda a semana, a apresentação dos pôsteres vai das 13h às 15h. E nesse primeiro dia, o trabalho do professor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Fábio Henrique da Silva Sales, que recebeu apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), por meio do edital de Apoio a Publicação – (APUB nº10/2012), ressaltou a importância de estudar a Física Nuclear nas escolas públicas de Ensino Médio de São Luís e de divulgar para a comunidade em geral.

A Física Nuclear é o ramo da Física que estuda as propriedades e o comportamento dos núcleos atômicos e os mecanismos das reações nucleares. “Esta área da ciência teve início a partir da evolução do conceito científico a cerca da estrutura atômica, pois até meados do século XIX, acreditava-se que os átomos eram esferas maciças indestrutíveis e indivisíveis. Esses conceitos estavam de acordo com a teoria atômica de John Dalton. Para extrair um elétron de um átomo, é necessária certa quantidade de energia. Da mesma forma, cada núcleo (próton ou nêutron) necessita também de grande quantidade de energia, que é da ordem de milhões de vezes. Por esse motivo, a Física Nuclear é denominada física de alta energia.”, explicou o professor.

  Categorias: