Governadora entrega Prêmio Fapema a pesquisadores nesta quarta

Governadora entrega Prêmio Fapema a pesquisadores nesta quarta
dezembro 09 12:56 2009

Os 14 vencedores da edição 2009 do Prêmio Fapema, importante iniciativa do Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), receberão, nesta quarta-feira, 9, o troféu oficial do concurso e a premiação em dinheiro, em valor correspondente a cada categoria.

A cerimônia de premiação acontece no Hotel Luzeiros, com as presenças da governadora Roseana Sarney, do ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, do secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Waldir Maranhão, da presidente da Fapema, Rosane Nassar Guerra, além de secretários de estados, reitores da Uema, Ufma e Ifma, diretores da Alumar, Sebrae Maranhão e Fiema, e representantes de entidades ligadas à pesquisa, como o CNPq, SBPC, FINEP e Mpremio_fapema_2009inistério de Ciência e Tecnologia.

Além dos vencedores do Prêmio Fapema 2009, serão homenageados os ex-presidentes da Fundação, os professores João Fernando Ata de Oliveira Pantoja, Othon de Carvalho Bastos, Auro Tanaka, Edson Nascimento e Sofiane Labidi. Também serão concedidas placas de mérito a autoridades e personalidades que contribuíram para o progresso da pesquisa científica e da inovação tecnológica do Estado.

O resultado final do Prêmio foi divulgado dia 26 de novembro. Na ocasião, a presidente da Fapema agradeceu a todos os pesquisadores que concorreram ao concurso, à equipe de avaliadores dos trabalhos e aos funcionários e colaboradores da fundação. “Todos colaboraram para que esse resultado saísse em tempo hábil”, destacou Rosane Guerra.

O Prêmio deste ano teve como tema a “Refinaria Premium e o Desenvolvimento do Maranhão”. Puderam participar da premiação estudantes, pesquisadores, professores, jornalistas, instituições de ensino e pesquisa pública ou privadas, ONGs e outros, que tivessem desenvolvido trabalhos inovadores e relevantes para o progresso da ciência, da tecnologia e do conhecimento em geral, trazendo melhorias e com visíveis impactos e resultados para a sociedade.

Realizado pelo governo do Estado, por meio da Fapema, em parceria com instituições públicas e empresas privadas, o prêmio foi instituído com a finalidade de reconhecer a capacidade técnico-científica de estudantes e profissionais maranhenses. Esta iniciativa visa a maior divulgação da ciência e da tecnologia, na perspectiva de incentivar a inovação e o desenvolvimento do Maranhão.

Trabalhos vencedores

Em 2009, o número de inscrições no Prêmio Fapema 2009 bateu recorde, com 243 projetos inscritos nas sete categorias da premiação: Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Talento Maranhense, Pesquisador Sênior, Jornalismo Cientifico, Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Humano.

Trabalhos como o do dentista Estevam Carlos de Oliveira Lula, ganhador na categoria Talento Maranhense. Em sua dissertação de mestrado, o pesquisador comparou duas técnicas de remoção de tecido cariado. Uma, remove o tecido todo, enquanto a outra retira somente a parte estragada do dente. Os especialistas acreditavam na permanência de maior quantidade de bactérias, quando usada a técnica parcial. O cientista mostrou que não. A análise, em laboratório, do material coletado no Ensaio Clínico Aleatório com 36 crianças de 4 a 8 anos, mostrou que os níveis são parecidos, com a vantagens de nesta técnica ser mantida a estrutura sadia do dente tratado.

O “Sistema antifurto de veículos com anulação e acionamento de ignição via telefonia GSM e detector de furto a raio laser”, do estudante de Física, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Getúlio Vitorino de Assunção Júnior, foi o trabalho premiado na categoria Inovação Tecnológica. Com uma ligação, de qualquer aparelho telefônico, para o equipamento instalado em carros ou motos, é possível acionar alarme, cortar alimentação de combustível e até desligar o motor de um veículo que tenha sido furtado ou roubado.

Um mecanismo inspirado no sistema imunológico do corpo humano deu à estudante de Engenharia Elétrica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifma), Rhaisa Sousa Tavares, o primeiro lugar na categoria Jovem Cientista, modalidade Ciências Exatas, Engenharias e Computação. O equipamento detecta falhas em sistemas de controle industriais, sendo capaz de prever alguma alteração ou ameaça.

A vencedora na categoria Pesquisador Sênior, modalidade Ciências Agrárias e Veterinárias foi a doutora em Medicina Veterinária, Francisca Neide Costa. A pesquisadora e seus alunos da iniciação científica estudaram a qualidade do leite extraído em vacas de propriedades de São Luís.

Na mesma modalidade, mas na categoria Jovem Cientista, a premiada Larissa Sarmento dos Santos avaliou o rebanho de búfalos da região de Viana. Estudante do 7º período de Veterinária, da Uema, ela estudou a prevalência de brucelose nos bubalinos. O resultado da sorologia nos animais gerará dados para programas adequados de controle à doença.

Aliete Ribeiro de Sá, ou simplesmente Dona Lili, foi a vencedora da categoria Desenvolvimento Humano. Fundadora do Pastor do Menino Deus (antes chamado Pastor Filhas de Jerusalém), a folclorista reproduz em sua própria casa, todo ano, a tradição católica medieval de festejar o nascimento de Jesus, com cânticos e bailados.

Receberão ainda o Prêmio Fapema 2009, os pesquisadores: Cláudio Urbano Bittencourt Pinheiro, que desenvolveu uma pesquisa-ação, em Penalva, que resultou na plantação de 7 mil mudas de vegetação regional, para recuperar a mata ciliar; Danielle Barbosa Fernandes, que estudou “Efeitos da Suplementação Nutricional de leucina na Musculatura Esquelética de Ratos Idosos Desnutridos”; Carolina Vasconcelos Pitanga, com sua “Análise de expressões de sociabilidade dos passageiros de ônibus de São Luís; Fernando Augusto do Nascimento pelo projeto “Ler e escrever: um direito de todos. Um perfil dos alunos do CEGEL”; Manoel Messias Ferreira Júnior, que investigou os “Efeitos da quebra da simetria de Lorentz na Física contemporânea”; e Ferdinan Almeida de Melo, pelo estudo de “Alterações da matriz extracelular do fígado, baço e linfonodos cervicais de cães naturalmente infectados com Leishmania”.

Já na categoria Jornalismo Científico, os vencedores foram Sidney Alves Pereira, em Telejornalismo, e Wesley Pereira Grijó, em Jornalismo Impresso. As categorias Pesquisador Sênior, modalidade Ciência Humanas e Sociais, e Jornalismo Científico, modalidades Radiojornalismo e Jornalismo On-line, não tiveram premiados.

  Categorias: