Governo alerta para prevenção contra Leishmaniose

Governo alerta para prevenção contra Leishmaniose
agosto 04 21:04 2016

leish2O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Programa Saúde na Escola, realiza mobilização nas 17 Unidades Regionais de Saúde para alertar sobre a prevenção da Leishmaniose. As atividades, coordenadas pela Secretaria Adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, serão realizadas entre os dias 8 e 12 de agosto. O objetivo é apresentar aos estudantes as formas de transmissão da doença, alertar quanto aos sinais clínicos e os serviços para diagnóstico e tratamento, além de informar as maneiras de prevenção da doença.

O chefe do departamento de Controle de Zoonoses, Daniel Soares Saraiva, explicou que as atividades serão desenvolvidas nas escolas de ensino fundamental e médio, de 42 municípios maranhenses. Na discussão, o estudante deverá reconhecer as fragilidades para a doença em seu ambiente familiar, apontando a adoção de medidas preventivas necessárias para a garantia da saúde. “Essa troca de informação é imprescindível para que os estudantes sintam-se parte integrante do processo de transferência de conhecimento para os demais familiares. No final, serão distribuídos materiais educativos para serem expostos em áreas comuns da escola”, adiantou.

Doença

A Leishmaniose – Visceral e Tegumentar – é uma doença infecciosa, não contagiosa, causada por parasitas do gênero Leishmania, que vivem e se multiplicam no interior das células do sistema de defesa do indivíduo.

Constitui-se em um grave problema de saúde pública devido a Leishmaniose Visceral/LV apresentar alta letalidade, principalmente entre crianças e adultos imunocomprometidos, e a Leishmaniose Tegumentar/LT levar a ocorrência de deformidades no ser humano.

É considerada uma das seis doenças tropicais de maior relevância mundial e ocupa o segundo lugar, depois da malária, entre as infecções por protozoários que acometem os seres humanos, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Na região Nordeste, o estado do Maranhão ocupa o terceiro lugar em notificação de casos de LV, ficando atrás dos estados da Bahia e Ceará.

No ano de 2012, a Lei Federal 12.604 instituiu a Semana Nacional de Combate e Controle à Leishmaniose. Celebrada anualmente na semana do dia 10 de agosto, a data foi escolhida em homenagem ao médico sanitarista e cientista Evandro Lobo Chagas, que nasceu neste dia e realizou estudos sobre febre amarela, malária e, principalmente, sobre a leishmaniose. O objetivo da lei é estimular ações educativas e preventivas, promovendo debates, apoiando atividades e difundindo conhecimentos relacionados à doença.

  Categorias: